sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Feliz Natal!

Feliz Natal para todos os que nos seguem! Que este Natal seja carregado de amor, carinho e união.

O bolo arco-iris

Mas para que é que me meto nestas coisas!?!??  Tirei a ideia daqui, de um blog de uma minha amiga virtual, e queria muito fazer este bolo para o aniversário do Rafa. Mas é um bolo que dá algum trabalho. Não ficou mau, mas tenho primeiro de aprender a colocar a pasta de açúcar... começou a partir de um lado, depois do outro... enfim, falta de experiência!

Aqui ficam as fotos, mas prometo que para a próxima vai sair bem melhor.



11 meses de puro amor... o meu pai natal!

11 meses de puro amor. Hoje estou particularmente sensível. Não consigo falar de ti sem me cairem as lágrimas pela cara abaixo. Não são lágrimas de tristeza, mas de um  amor tão grande, tão forte, de um orgulho enorme de ser tua mãe! Fazes-me muito feliz filhote.

Aos 11 meses:
  • Dizes "ola", que às vezes tanto quer dizer olá como bola (é parecido)!
  • Tens 6 dentinhos
  • Bates palmas quando ouves os parabéns!
  • Fazes a "pitinha põe o ovo".
  • Só queres brincadeira e já nos provocas para brincar contigo.
  • Ris-te que nem um perdido com cócegas ou até mesmo com a antecipação da brincadeira (quando te dizemos "queres ver!")
  • Adoras bolas e brincar com elas.
  • Andas agarrado aos móveis e adoooooras estar de pé ( o que nos cansa muito).
  • Continuas a arrastar-te pelo chão.
  • Adoras comer da nossa comida (tem outro sabor não é filhote!)
  • Não nos podes ver comer porque queres também provar e ainda bem!
  • Tem-te custado a adormecer, algo que fazias tão bem. Agora são 23h e tu ainda por dormires e só queres brincadeira!
  • Continuas a acordar mil e uma vez durante noite (isto nem com o biberão vai lá!)
  • Continuas a preferir dormir de barriga para baixo e em camas grandes.
Obrigada filhote por estes maravilhosos 11 meses em que fizeste parte da minha vida (tirando as 38 semanas na minha barriga)

SUPRESA!!
Em relação a isso, cá está a sessão fotográfica que fizemos como Rafinha. Ele como sempre, adora tirar fotos! Tiramos imensas fotos, mas não dá para colocar todas. Vamos oferecer uma foto aos avós, tios e padrinhos. E oferecemos também calendários às educadoras. Espero que gostem porque eu amei!!



segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Será que estas pinhas têm pinhões?

O menino Rafinha agora gosta de desarrumar tudo, abrir armários... e eu passo a vida a dizer não! Mas ele só entende o Não quando eu me baixo para ficar ao nível dele, por isso essa é táctica agora!

O que ele mais gosta de atacar agora é o cesto das pinhas, puxa o cesto para perto dele, baixa a asa... e depois mete-as à boca!! Mas eu já lhe disse que essas pinhas não têm pinhões, mas ele insiste!!


PS.: Eu sei que estou em falta. Amanhã a ver se tenho um bocadinho de tempo para falar sobre a festinha de natal do Rafinha.

PS#2.: Esta semana vamos ter uma surpresa.... preparem-se!!

O meu anjinho...

Finalmente encontrei um adorno que representasse o Rafa na árvore, mas não era bem isto que eu queria. Eu queria um anjinho que vi numa loja, só que só tinha meninas. Eu também gosto deste e não queria colocar o adorno no final do natal não é!

Aqui está o meu anjinho :

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Sem leite??

Não quero, não posso, não consigo aceitar a ideia de que possivelmente estarei a ficar sem leite.Eu sempre acreditei na amamentação, sempre quis amamentar, mas compreendo as mães que por opção ou porque não podem mesmo, não amamentam!
Eu sempre lutei e no ínicio sofri bastante com as mastites, inflamações, mamilos gretados, etc,etc, mas mesmo a deitar sangue, mesmo a doer como tudo (pior do que o parto), com as lágrimas a cairem-me pela cara abaixo, eu não desisti! Acho que hoje sou uma "expert" em amamentação. Eu se pudesse amamentava o Rafa até aos 18 anos!
Como o Rafa nunca mamou em grandes quantidades e para não deixar de produzir leite, eu comprei uma bomba profissional para tirar leite e tenho a arca congeladora cheia de leite, mas quando começei a trabalhar ficou mais dificil tirar. Na altura, quando começei a introduzir os sólidos, depois de ele comer tirava sempre leite de uma mama.
Mas com o stress todo a que tenho estado sujeita, acho que a quantidade de leite que tenho já não deve ser suficiente para as necessidades do Rafa. Eu que bebo 3 litros de água por dia, para ter liquido suficiente para mim e para a produção de leite, eu que me alimento de uma forma saudável (hábito que ganhei quando perdi os meus 16kg antes de engravidar) para que o leite tenha todos os nutrientes, começo a perceber que agora o leite demora mais a sair, que o Rafa passa mais tempo a puxar para sair em jacto. Ás vezes olho para ele, para as mãozinhas dele e a ocitocina começa logo a funcionar, e o leite a sair com mais fluidez, ou então fecho os olhos e imagino aquele sorriso lindo que ele tem e lá funciona. Mas a meio da noite é complicado, às vezes o cerebro ainda está a dormir eheheh!
Já pensei em voltar a tirar com a bomba para estimular a produção de leite. Não quero mesmo parar de amamentar, eu adoro aquele momento que é só nosso. Adoro sentir as mãozinhas dele a acaraciar-me, olhar para ele e ver que é tão perfeitinho e que o amo muito.
Pode ser que para a semana, quando as coisas acalmarem volte tudo ao normal. Pelo menos eu vou fazer por isso.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Stress

Esta semana está a ser do pior... e vai continuar a ser. Como na semana passada faltei no dia em que tinha mais aulas, vou ter de as compensar esta semana!! E o pior é que ainda tenho 2 turmas com testes para corrigir, notas para dar, relatórios de autoavaliação para fazer e ainda aulas para preparar!!! Arghhhhh!

E quem paga com isto tudo? O Rafa... tadinho hoje fiquei com pena dele. "Descarreguei" em cima dele e ele sem culpa de eu não conseguir controlar os meus nervos.

Hoje acordou às 11h (sim porque ele gosta é de dormir de manhã) e eu aproveitei para fazer um teste e dar notas a uma turma. Quando ele acordou, fui vesti-lo e trouxe-o para baixo para comer a sopa. Ele, que sempre foi e é um bocado complicado no que toca à alimentação só queria comer metade... e eu claro fiquei logo stressada. Começei a insistir para ele comer... e ele a choramingar! E eu a chorar a par dele. Como é que é possível eu não conseguir controlar este stress todo. Ele é pequenino, não tem culpa nenhuma do meu stress. A única coisa que ele fez era não querer comer!! O normal...

 Já estava mais do que na hora de me vestir também, ainda só tinha tomado banho. Tinha que sair de casa o mais tardar às 12:30 para deixá-lo na minha mãe, comer algo e sair de casa da minha mãe às 13:10 para entrar na escola às 13:35.

Tenho mesmo de contar até 10, 100, 1000... o que for preciso para controlar mais os meus nervos e ter um pouquinho mais de paciência.

Desculpa filhote! A mãe ama-te muito e não fez por mal!!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Porque nem tudo é mau...

O Rafa ainda está muito congestionado, muito chatinho mas aos poucos está a ficar melhor. Agora só volta ao infantário na 4ª, porque consigo ficar com ele de manhã e de tarde fica com os avós.

Mas como em tudo na vida também há o lado bom, na 6ª de manhã quando acordou e eu o fui buscar e dar beijinhos eis que me presenteia com a "pitinha põe o ovo". Fiquei logo com a lágrima no olhos! Sim ando mesmo muito sensível e qualquer coisinha que ele faça fico assim... Aconteceu o mesmo na festinha de natal . Amanhã irei colocar aqui as fotas da minha figurinha enquanto pintinho amarelinho e do Rafinha que estava tão quietinho e doentinho.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Há um ano... saudades!

Hoje deu-me para cuscar o meu blogue e ver o que estava a fazer há um ano atrás. E estava assim... que saudades daquela barriguinha!

Apesar de ter adorado estar grávida prefiro, de longe, ter o meu Rafinha ao meu lado.

Amo-te muito filhote. És a razão do meu viver!

Doentinho... again :( #3

É verdade o Rafa está doente outra vez. Desta vez com uma infecção pulmonar ( bronquite ou bronquiolite não percebi muito bem porque o médico era ucraniano) ... não ficou bem curado do que tinha apanhado na outra vez e principalmente apanhou no infnatário porque havia lá outro menino que estava muito pior do que o Rafa... os infantários deviam-se de chama infectários!!

O antibiótico tinha terminado na 2ª mas ele continuava com tosse. Durante a semana acho que se foi agravando em número e de intensidade.Ontem estava com febres um pouquinho mais altas, e depois da festinha de Natal do Rafinha (eu não quis que ele perdesse a sua 1ª festinha de Natal e mesmo doentinho portou-se muito bem), dirigimo-nos às urgências.

Fomos atendidos pelo mesmo pediatra da semana passada, viu que ele ja tinha "ratinhos" e preferiu fazer um raio-X ao Rafa. Fiquei logo com o pé atrás... eu sei que o meu pediatra não é a favor dos raio-X e prefere ecografias! Mas depois falei com a técnica que fez o exame e que me explicou tudo direitinho. Referiu que realmente só mesmo em casos necessários é que se faz este exame, que como ele é muito pequenino, a radiação era a mínima possivel, que claro que todas as radiações que apanhamos ao longo da vida vao-se acumulando, que também se apanha mais radiações do que a do exame nas viagens de avião. Bem o que é que eu iria fazer... se o pediatra achou melhor ver como é que estavam os pulmões lá acedi... afinal eles é que são os profissionais e acharam que seria o melhor. Depois do exame diz a técnica: "O rafinha tem andado a tossir muito não tem mãe!". É verdade e tinha mesmo andado a tossir. Mas se não fosse a febre acho que nem sequer tinha ligado muito a isso, porque estava a fazer a nebulização só com soro, a lavar-lhe o nariz com soro... e afinal não foi suficiente.

Agora vimos para casa com mais antibiótico, anti-inflmatório (só durante 3 dias), anti-alergico, e nebulizações com atrovent, ventilan e soro! Enfim uma catrefada de coisas para o meu pequenito que me custa tanto ter de lhe dar estes medicamentos todos, principalmente o antibiótico!

Esta noite já dormiu muito melhor. Dormiu quase a noitinha toda, acordou só para mamar mas eu nem vi as horas, mas acho que deve ter aguentado mais do 4 horas. também durante o dia não tinha dormido nada, só soninhos de 10 min. Agora ainda está a dormir... vou deixá-lo dormir mais um bocadinho antes de lhe dar o antibiótico.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Here we go again...

E esta noite voltamos a ter mais do mesmo.

Como diz a educadora do Rafael... não me pode ajudar porque o filhote dela faz-lhe a mesma coisa, mas para mim ainda é pior, porque ele só quer estar no colo. O Rafa ao menos durante a noite dou-lhe de mamar e ele continua a dormir.

Eu não sei se já tinha referido, mas aponto num caderno as horas em que dou de mamar, porque às tantas já estou tão cheia de sono e cansada que já não me lembro da hora da última mamada. Vejam lá os horários de ontem à noite:
22:05    00:15   02:20  04:30   05:45  08:30

E agora digam se não é para uma pessoa dar em maluca!!

domingo, 4 de dezembro de 2011

Decorações natalícias... exageradas!

Eu como em tudo na vida sou uma exagerada! Para mim o Natal não são as prendas, não é a comida, mas sim começar a decorar a minha casa com coisinhas de Natal e estar com a família. Este ano decidi restringir algumas das minhas decorações, mas ainda ficou exagerado eheheh! Não consigo controlar, é mais forte do que eu! Agora só falta comprar o adorno, talvez um anjinho, para representar o Rafinha na nossa árvore de natal.

Pensei que o Rafinha iria ser como eu e adoooorar a árvore mas não ligou nenhuma... nem às bolas! Estou a ver que sai ao pai!

Ora espreitem lá...

A árvore


O presépio


Na mesa de jantar


Na mesa na sala de estar


No aparador


No hall de entrada



Na entrada

 


sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

A personalidade do Rafael

O bebé calmo, tranquilo que era o Rafinha começa a "desaparecer" ehehhe! Agora começa a mostrar a sua personalidade e aqui é que começa a verdadeira educação.
Como o Rafinha é:
  • Fica mesmo zangado quando o contrariamos. Faz força com as mãos, fechando os punhos, arreganha os dentes e começa a "miar", digamos que algo parecido com gritar.
  • Quando lhe digo "não" a alguma coisa, ele volta a fazer e olha para mim. Eu torno a dizer que não e ele volta a fazer o mesmo em jeito de desafio. Quando lhe tiro algo da mão chora que nem um perdido! E eu rio-me com a situação e ele chateado!
  • Adora bolas e atirar com elas ao chão, ou outra coisa qualquer que esteja ao alcance dele. E ainda por cima diz "óó".
  • Quando o pai diz "Espera" já sabe que é para a bricnadeira. E então fica já com um grande sorriso nos lábios à espera das palhaçadas do pai e depois ri-se que nem um perdido!
e muitas coisinhas mais, que não me lembro... vou só ali dormir um bocadinho e já volto! A ver se assim me lembro de mais coisinhas.


A melhorar

O Rafinha está a melhor, mas ainda não completamente. Continua a não dormir muito bem de noite, mas já vai dormindo mais de 2 horas seguidas! E eu agradeço... pelo menos vou dormindo essas horinhas também!

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Diagnóstico: otite :(

O mal estar do Rafa tinha uma razão de ser. Ontem, como a febre não baixava, andava à volta dos 38º, e a tosse tinha aumentado, resolvi ir às urgências do HPBN. Ele como sempre portou-se bem, não chorou e deixou o sr. dr. fazer o que quis. O médico era ucraniano, o que me deixou um bocado apreensiva e quando sai do hospital liguei ao pediatra que me disse que ele estava bem medicado.
Diagnóstico: inflamação na garganta e principio de otite!
Tratamento: nublizações com ventilan, pulmicort e soro fisiológico (12h/12h), antibiótico para não deixar avançar a infeção (12h/12h), benuron para a febre (8h/8h) e fenistil gotas (8h/8h).
Por isso é que ele não dormia porque já havia ali algo que o estava a incomodar. É complicado apercebermo-nos de que algo estava mal, porque ele estava sempre bem disposto durante o dia, não fazia febres muito altas, comia e dormia normalmente (à exceção da noite). Nada levava a querer que estava a ficar doente, ou melhor, o meu coração de mãe já o dizia e até comentei com o pai. Mas o pai diz que eu sou uma stressada e que à minima coisa o quero levar ao médico. E afinal a mãe tinha razão. Mãe tem sempre razão.
Esta noite já dormiu muito melhor. Coloquei a caminha dele no meu quarto. Dormiu desde as 23:15 até às 4:20. Aleleuia!! A essa hora mamou, voltou a acordar às 5:30 meti-lhe a chupeta na boca, virei-o ao contrário e voltou a dormir. Acordou às 7:25 e mamou novamente!
Finalmente consegui dormir mais uma horinhas...os filhos deviam de trazer livro de instruções porque assim fica complicado!

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Desespero de mãe #3

Já não aguento mais... estou a ficar maluca!

Há mais de 2 semanas que não durmo mais do que 2 horas seguidas. E estes últimos dias tem sido muito pior, acho que nem chego a adormecer quando ele começa a gemer. Ainda eu me queixava quando ele mamava de 3 h em 3H... isso para mim, agora, era paraíso! Mas o pior nem é para mim, mas também para o Rafinha que não dorme as horas que devia de dormir. Ai filho porque é que é tão dificil tu dormires?

Não sei quanto tempo mais vou aguentar, estou a ficar desesperada! Não há nada que o faça sossegar. E o pior é não saber o porquê para puder ajudá-lo. Serão dentes, serão dores, será vicio??

Amanhã vou experimentar outra situação. Como ele não dorme tanto de noite, durante o dia faz sestas às vezes de 2 horas. Vou pedir no infantário para não o deixarem dormir tanto tempo, para ver se ele à noite dorme melhor.

E mais uma moeda, mais uma voltinha...

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Que noite...

E mais uma noite do pior. Ai esses dentes que nunca mais rompem!!Teve febre, estava aborrecido!
O Rafinha a dormir gosta de espaço. Como dorme na cama de grades, dentro do saco de dormir, quer mexer-se e não consegue. Às vezes encontro-o ao contrário, ou seja, a dormir na horizontal no sentido da largura de tantas voltas que dá na cama. No sábado experimentei pô-lo a dormir na minha cama sozinho ( o meu quarto é mais quentinho), com montes de almofadas a proteger e nós fomos dormir para outro quarto. E não é que ele dormiu bem melhor... já só acordava de 3h em 3h (mais ou menos).
Ontem voltei a pô-lo a dormir na caminha dele e foi um festival. Não sei se era da febre, que não era muito alta. Apenas estava vestido com o body e com a meia calça e por cima coloquei um cobertor muito fininho que ele dormia no verão para ver se ele arrefecia. Só que não paraou de gemer a noite toda. Nem mesmo com o benuron ele ficou melhor! Sempre a "miar" como eu digo. Às tantas o pai foi buscá-lo para a nossa cama e ai é que foi. Sempre a empurrar-nos, só queria espaço, não tinha posição... enfim. Será que preciso de lhe comprar uma cama de solteiro? Será que ele precisa de espaço para dormir? Ou será apenas a fase dos dentes?
Hoje vamos la ver como corre. Se calhar vou voltar a deitá-lo na cama grande e ligo o ar condicionado. Espero que funcione porque já estou a dar em maluca!!

domingo, 27 de novembro de 2011

Gatinhar??

Pois bem, o menino Rafael "gatinha" ou melhor arrasta-se! Agora que eu o estava a incentivar a andar, porque já pensava que ele já não ia gatinhar, eis que ele me presenteia na 6ª com este arrastar pelo chão fora. E esta hein!?!?

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Consulta Pediatra

Ontem foi dia de consulta do pediatra. Finalmente passou os 9kg ( pesa 9,200kg e já devia de estar quase nos 10 para estar no percentil 50!!), mas está entre os 25 e os 50. Mede 73 cm e está acima do percentil 50.
Conversamos sobre várias coisas como:
  • Chupeta: deve ser o tamanho mais pequeno, desde que ele goste. Ele por acaso está a usar uma dos 0 aos 6 meses.
  • Fraldas reutilizáveis: não atrasa o desenvolvimento, até porque antigamente também se usava fraldas de pano.
  • Andar: o Rafinha já desde os 9 meses que vai dando uns passinhos e uma prima minha, que é enfermeira, disse que fazia mal deixá-lo andar por causa das ancas. Ontem o pediatra disse que se ele se aguenta bem de pé não há problema nenhum ele estar uns minutos assim. E é como ele diz que ele nunca vai estar muito tempo de pé porque também se cansa.
  • Alimentação: O Rafa desde a última consulta que já podia comer da nossa comida aos bocadinhos. Ele adora a nossa comida. E já pode comer as rabanadas no Natal. E eu disse que era frito. E ele disse que podia dar a parte de dentro e também leite creme e arroz doce. Vai ser só lamber eheheh!!
  • Dentes: Afinal temos vampiro. Realmente estão a nascer os caninos, mas os incisivos também estão a nascer e por isso ele não dorme bem de noite. ele diz que esta fase é complicada porque são muitos dentes a quererem romper ao mesmo tempo. Coitadinho do meu bébé.
Voltamos agora quando fizer 1 aninho. O Rafa portou-se super bem. Sem choros, falou muito para ele e esteve muito atento a ele enquanto o auscultava. Só que ele perdeu algum tempo a auscultar, mais do que o habitual, mas depois disse que estava tudo bem!

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

O bolo

Geralmente para festejar o mensário, compro sempre bolo. Desta vez decidi fazer um bolo de chocolate. E até ficou muito bom!

Como não tive aulas da parte de tarde, meti mãos na massa e toca a fazer um bolinho. Já há algum tempo que não fazia, principalmente desde que comecei a minha educação alimentar. Mas uma vez não são vezes e cá está o resultado!


quarta-feira, 23 de novembro de 2011

10 meses de puro amor...

E hoje faz 10 meses que fui para o HSJ para te ter.

Ia tão ansiosa para te conhecer, para te abraçar, cheirar, dar beijinhos! Foi e é tão bom ter-te como filho. Obrigada filhote por me teres escolhido para ser tua mãe!

Aos 10 meses:
  • Dizes "Né" quando queres dizer que não.
  • Dizes "Ó" quando cai algo ao chão e apontas com o dedo.
  • Bates palminhas.
  • Tens 2 dentinhos inferiores, 1 dentinho superior (canino!!) e outro canino a romper.
  • Andas bastante bem e até apressado quando queres ir ver algo.
  • Adoras ver o Uki e a Popota.
  • Adoooras comida e queres sempre experimentar o que estamos a comer, mas sopa dispensas (apesar de comeres).
  • Preferes fruta inteira e crua (principalmente ameixas) do que cozida e passada.
  • Encaixas as formas nos respetivos encaixes e adoras ouvir o som quando elas caem.
  • Adoras de paixão o teu avô materno (quando estás com ele só queres o colinho dele).
  • Fazes "brrrrrr" muitas vezes seguidas e babas-te todo a fazê-lo.
  • Levantas-te na cama, agarrado às grades.
  • Fizeste ontem a primeira birrinha quando te tirei o brinquedo das mãos, com direito a lágrimas e tudo (mas isso fica para outra mensagem).
Enfim estás a crescer a olhos vistos e a ficar um homenzinho.


AMO-TE MUITO FILHOTE


terça-feira, 22 de novembro de 2011

As noites cá em casa tem sido...

... do pior!!! Não sei se é por causa dos dentes, se tem frio, se tem fome, se não quer estar sozinho, se está a fazer birra... eu sei la!!

Só sei que passa a vida a choramingar, de 2 em 2 horas, de hora a hora!!! E fico mesmo KO!! Para mim só pode ser mesmo dos dentes... só pode. Porque frio não é já que tem body, meia calça, pijama, saco de dormir e um cobertor por cima. Fome não é porque lhe dou de mamar e ainda lhe dou um biberão de leite, sozinho não é que ainda hoje o pus na minha cama e ele ainda ficou pior!!!

Ai filho... desde que nasceste não sei o que é dormir mais do que 3 horas seguidas!! Será que ainda vai demorar muito até dormires a noite inteira???

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

É o UKI

Descobri hoje de manhã... finalmente! E agora com as vossas respostas confirmei ehehhe.


Ele adooooora estes desenhos animados.

Alguém conhece...

...uns desenhos animados que dão no canal Panda, que é um boneco amarelo com umas antenas e que tem vários amigos animais e que não falam. No final da história, este bonequinho amarelo senta-se e revê num livro as fotos da história do dia e no final vai dormir num girassol. Alguém sabe como se chama?

É que quando dá o Rafinha fica muito quietinho e atento e não faz parte da programação do canal panda, portanto deve ser algo que dá nos intervalos e ainda não consegui ver do inicio.

domingo, 20 de novembro de 2011

Temos vampiro...

O Rafa já anda meio chatinho há alguns dias. Com 9 meses e 2 semanas começou a romper outro dentinho e não é que é um canino superior?? Não me digam que tenho um vampiro cá em casa?

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Alegria... palminhas

Ontem o Rafa pela primeira vez bateu palminhas sozinho! yuuuupiii!!

Finalmente... após tanta insistência por minha parte, e confesso que até já tinha desistido de tentar fazer com que ele batesse palminhas porque ele em vez de bater agarrava os dedos ehehe, ontem na casa da minha mãe ele bateu palminhas sem mais nem menos! Pensei que fosse uma coisa espontanea, mas depois fomos ao shopping e tornou a fazê-lo, assim sem mais nem menos. Fiquei maluca eheheh. Parecia mesmo que me tinha saido o Euromilhões!!! À noite, em casa, enquanto o preparava para dormir, disse-lhe para bater palminhas e não é que ele bateu?!?! Bem parecia ainda mais maluca... com lágrimas nos olhos, com um orgulho enorme, com um sorriso na boca... eis que finalmente o Rafinha bateu palminhas!

É que o fantasma da prega da nuca está sempre presente na minha vida. Há-de andar sempre atrás de mim sempre que o Rafinha não fizer algo dentro dos parâmetros normais. Mas eu não queria mesmo que esse fantasma estivesse presente sempre na minha vida, porque vivo sempre com a dúvida se ele faz ou não todas as coisinhas que fazem as outras crianças. Tenho de ver se contrato um ghostbuster!

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

No banho...

E ontem, enquanto dava banho ao Rafinha ele ferrou-me a sério!! Ai malandro! Ele sempre adorou "ferrar-me", ainda sem dentes, na mão enquanto lhe dava banho, mas ontem os dentes marcaram-me mesmo! Ele até empurrava com as mãos dele a minha mão!


E eu dava gritinhos de dor e não é que ele ainda me ferrava com mais força!



quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Ser filho é...

Ao cuscar no blogue da mamã do bébuco, li esta definição da palavra filho e que descreve tão bem o seu verdadeiro significado:

"Filho é um ser que nos emprestaram para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar os nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem. Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é expor-nos a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar a agir corretamente e do medo de perder algo tão amado. Perder? Como? Não é nosso, recordam-se? Foi apenas um empréstimo".

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Sentimento de culpa

Eu sei que cada criança tem o seu próprio ritmo, mas estava a ficar muito preocupada porque o Rafa, apesar de tentar levantar-se ainda não conseguia, ainda não se agarrava às coisas para tentar se mover. E não sei como há 2 semanas fez-se luz: só podia ser por causa das fraldas reutilizáveis. São mais pesadas e muito menos maneaveis, o que faz com que ele tenha de fazer muito mais força para tentar mover-se e como ainda não tem a força suficiente não conseguia. Agora às vezes já consegue levantar-se, mas ainda com alguma dificuldade. Andar anda bem, mas só agarrado a nós. Ainda não anda agarrado às coisas...

E agora vivo com este sentimento de culpa. Mas que raio de mãe não se apercebe que está a atrasar o desenvolvimento do seu filho porque lhe coloca as fraldas reutilizaveis?  Por lado tento fazer o melhor para o meu filhote e que para mim seria a utilização deste tipo de fraldas, mas com isso atrasei-lhe o seu normal desenvolvimento ? Porque é que não me apercebi mais cedo? Mea culpa!

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Parabéns para mim

E hoje faço 31 anos! Parabéns para mim, parabéns para mim.

Posso dizer que sou uma mulher realizada. Tenho um filho que amo acima de tudo, um marido e uma familia que amo muito, poucos amigos mas bons!

Para melhorar só mesmo se me saisse o Euromilhões. E o dia seria melhor se não estivesse com uma gastroentrite :(

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Desespero de Mãe #2

Ontem foi a pior noite que tive desde que o Rafinha nasceu!

Para quem conhece o Rafa pessoalmente, sabe que ele não é um bébé chorão, chatinho. É um bébé super calmo, tranquilo. Claro que também tem os seus momentos de birrinhas, mas são coisas passageiras.

Esta última semana tem sido muito complicada. Os dentes nunca mais rompem e não o deixam dormir... a ele e a nós. Esta noite passou a noite toda a chorar!! Não tinha mesmo posição, não sossegava nem com a maminha, que sempre foi algo que o acalmava, nem com o Ae-rom, nem com o bálsamo para os dentes. NADA!!! Agora compreendo os pais que passaram trabalhos com os filhotes com cólicas. É complicado vê-los sofrer e não puder fazer nada para aliviar. O V., para ajudar à festa, dizia que era manha dele. É pá... passei-me dos carretos!! Até parece que não conhece o filho que tem! Homens!! Se ele estava chatinho era porque lhe doia mesmo...

Hoje, como não tenho aulas, deixei-o dormir mais um bocadinho de manhã antes de o levar ao infantário. Acordou bem disposto, como sempre, e lá o vesti. Antes de sairmos ainda teve direito a uma sessão fotográfica ( ele adora tirar fotos!). E como estava tão cansado, mal o coloquei na cadeirinha no carro adormeceu novamente e ainda fiquei 15 min à espera que ele acordasse. Será que logo vamos ter mais uma all nigth long?

E já agora alguém conhece formas de aliviar as dores?



terça-feira, 25 de outubro de 2011

De lágrima no olho...

E hoje não sei o que tenho...

Apetece-me chorar e não sei porquê. Estou com as emoções à flor da pele. Estou nostálgica.

Saudades de estar gravida. Saudades de estar todos os minutos do meu dia com o meu Rafinha.

Com medo de perder a primeira vez de cada uma das suas conquistas.

Enfim, pode ser do TPM!!

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

9 meses de puro amor...

Ontem fizeste 9 meses (já??)! 9 meses de puro amor, de um amor incondicional e que cresce a cada dia que passa.

Estavas doentinho, tiveste febre o fim de semana todo com 39, 38.7. Ai esses dentes que nunca mais rompem e tu nem pareces o mesmo. Sempre a gemer, sempre a querer dormir mas não teres posição, não te apetece comer, etc! E eu não posso fazer nada para te aliviar, apenas dar-te medicação. Mas enquanto não faz efeito ficas tão tristinho, tão aborrecido e estou tão habituada ver-te rir! Hoje já estavas melhor, vamos lá ver logo quando chegares do infantário.

 Aos 9 meses:
  • Apontas para algo que queiras ou para ires para algum sitio.
  • Bates com os brinquedos uns nos outros.
  • Dizes "pa" e "ma" para o pai e para a mãe.
  • Começaste a dizer "te" e "ta".
  • Já começas a dar uns passinhos para andar, mas claro sempre agarrado a nós. Mas já sabes que mexes uma perna e que a seguir tens de mexer a outra.
  • Tentas levantar-te mas ainda não consegues (com treino vais conseguir).
  • Adoras ananás.
  • Não gostas da fruta na rede.
  • Ficas muito atento às músicas que te canto, e quando faço a Pitinha põe o ovo ficas à espera das cóceguinhas no final.
  • Tens imensas cócegas na zona das costelas e no pescoço.
  • Rebolas para um lado e para o outro (agora tenho de estra super, hiper, mega atenta!)

AMO-TE MUITO FILHO E CADA VEZ MAIS!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Alerta

Recebi este email e não sei se é verdade ou não mas aqui fica o alerta:

"MUITO IMPORTANTE!!!!!!!!!! ATENÇÃO!!!!... ALERTA 
-A Nestlé está a pedir que todos devolvam os FOOD BEBÊ BANANA ( Papinha), com validade até 2012 - Código de barras 7613033089 73, porque podem conter VIDRO. Mesmo que não sejas mãe/pai, por favor repassa esta mensagem, porque ela pode salvar a vida de uma criança!!
PARTILHEM POR FAVOR!!!"

A resposta a este rumor podem ler aqui.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Um domingo a três

E foi tão bom aproveitar o bom tempo e passear junto à praia em família. Já fomos ao final da tarde e estava já a ficar um pouco fresco, mas ao sol estava quentinho.

O Rafa adorou passear no parque da cidade, mas ao ver os patinhos fazia cada careta com medo!

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Formação sobre Alimentação Infantil

No passado sábado realizou-se uma formação sobre alimentação infantil, em minha casa, com mais 4 mamãs e dada pela minha nutricionista. Ela quase nem teve tempo de mostrar a apresentação que tinha preparado porque nós, como mamãs preocupadas que somos, "bombardeamo-la" com perguntas.

Eu gostei imenso e confesso que fazia alguns erros em relação à congelação e descongelação dos alimentos. Aprendi bastantes coisas e foi para mim muito esclarecedor. Claro que há muitas coisas que só poderei aplicar quando Rafinha for maior. Mas acho que a ideia mais importante a reter foi "os pais são um espelho para os filhos" e portanto quanto mais cedo incutirmos aos nossos filhos uma alimentação saudável e por consequência diversificada, melhor.

No final fizemos um lanchinho, e diga-se de passagem, nada saudável, mas como dizia a Dra. Liliana, numa alimentação saudável também à exceções.

Causa da perda de apetite

Acho que descobri porque é que o menino Rafa anda a comer pior: os dentes! E acho que não vai ser só 1. Senão vejamos os sintomas: rabinho mas assadinho, irritação, não dormir bem de noite, perda de apetite, comer melhor algo que esteja frio e meter tudo a boca até mesmo as nossas mãos.

Eu já tinha visto que realmente as gengivas estavam mais inchadas, com algumas partes brancas, mas como é na parte de baixo e me disseram que os dentes que iriam romper agora eram os de cima, pensei que fosse isso. Mas parece-me que estava enganada.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Uma imagem vale mais do que mil palavras

Há já algum tempo que não colocava imagens do Rafinha. Aqui ficam as últimas fotos tiradas!

video

Desespero de mãe

E cá estou eu novamente desesperada. Este meu filhote está atravessar uma fase complicada. Recusa-se a comer! Fecha mesmo a boca e resmunga... isto desde a semana passada. Já tentei dar-lhe antes de ter muita fome, já tentei dar-he quando está cheio de fome, já tentei dar antes de dormir, depois de dormir e nada... tem sido uma luta diaria! E isto esgota-me, esgota o pai... porque por um lado quero que ele coma, por outro não quero que associe a comida a uma obrigação e a uma luta entre nós.

No infantário come, mas com muita brincadeira à mistura, porque se distrai muito com os outros meninos. Ora eu que nem sequer o colocava em frente à tv ou o distraia muito, para não acontecer o que está a acontecer.  Chega à noite, fecha a boca e nem com brincadeira come. O que tenho feito é dar-lhe a chupeta e quando abre a boca enfio-lhe a colher. Mas não estou mesmo para estas coisas. Ele precisa de aprender que a comer não se brinca e que tem de comer. Primeiro pensei que fosse das minhas sopas, mas mandei uma delas para o infantário e lá ele abriu a boca, mas sempre com muita distração à mistura.

Este Rafinha sempre foi complicado para comer. Quando mamava, e ainda agora, eram apenas 5 minutos, portanto nem sequer dava tempo do leite ter muita gordura. Agora que está na parte de ingerir alimentos a mesma coisa.

E que hei-de eu fazer?!?!?

terça-feira, 11 de outubro de 2011

O Rafa já diz papa e mama

Podem não acreditar mas o Rafinha desde a semana passada que chama por "ma" e "pa" quando quer um de nós. Bem não é só um "ma" mas varios seguidos. Vira-se para mim, com os bracinhos no ar e lá fala "ma" "ma" e se ignoro ele chama mais alto. Lindo este meu filhote!

A minha mãe que não acreditava e ontem ao jantar o Rafinha presenteou os presentes ( passo a redundância) com as suas novas capacidades linguísticas. Foi lindo... tomem lá para aprenderem!

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Surpresa

O pai resolveu fazer-nos uma surpresa e vamos passar um fim de semana fora.

Onde? Não sabemos.

Com quem? Não sabemos.

Só sabemos que fica mais ou menos a 1 hora de casa, que vou ter direito a uma massagem (ai que bom!) e que tem piscina. Adoro surpresas, mas boas claro!

Consulta do pediatra

Ontem foi dia da consulta com o pediatra (finalmente)! O Rafinha está um pouco abaixo do peso, como seria de esperar, mas nada de preocupante. Ainda está entre o percentil 25 e o 50. Em termos gerais está bem. Afinal não tinha só aftas, mas também candidíase!! Eu desconhecia que os bébés o pudessem ter. O Rafinha estava muito bem disposto ontem, riu-se para o pediatra e tudo!Desta vez nao chorou!

Viemos com ordem de introduzir a farinha de pau, açordas e carnes vermelhas. Também vamos começar com os temperos (2 pedrinhas de sal, folhas de louro, alho etc). Pode ser que com uma refeição agora à noite, ele começe a ficar mais satisfeito e dormir melhor. Também me deu leite de transição para tentar dar-lhe o leitinho antes de ele dormir para ver se ele aguenta a noite toda. Mas ainda não tive coragem para lhe dar... eu sei que este leitinho não lhe faz mal nenhum, que a fase mais importante de ter o leitinho da mãe já passou... mas adoro este nosso momento.

Será que vou tomar a atitude certa ao começar a dar-lhe o suplemento?? A ver se arranjo coragem para o fazer!

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Doentinho... again :( #2

É preciso ter azar! O Rafinha no sábado passado voltou a vomitar tudo. Voltamos ao hospital. Desta vez já aguentou o soro de re-hidratação. O que eu pedi a Deus para ele aguentar o soro porque não queria ver o meu filhote ser picado novamente! Acho que não ia aguentar!

Às tantas, após quase uma hora de soro, perguntei à médica se não lhe podia dar de mamar. E não é que ela se vira para mim e diz "Oh mãe se soubesse que ele ainda é amamentado escusava de lhe ter dado o soro!". Ao qual eu respondo "Pois Sra. Dra. também não perguntou e como na semana passada a sua colega disse que eu não podia dar, desta vez não referi". Tem uma lata!

À noite, fez um pouco de febre mas dei-lhe o benuron e passou. Ficou cheio de aftas na boca e na lingua. Agora para comer tem sido muito dificil. Tem de ser tudo à temperatura ambiente e tudo passadinho. Ontem antes de lhe dar banho, pesei-o e claro que aquilo que eu já esperava aconteceu: o Rafinha perdeu peso! Ora se ele já comia pouco e portanto nunca foi un bebe muito gordinho, então agora... Ai este coração de mãe não aguenta.

Na próxima 5ª temos consulta no pediatra. A ver vamos a evolução. Mas filhote podias dar um bocadinho de descanso à tua mãe. É que agora com o trabalho, tu doentinho a não dormires em condições eu fico mesmo KO!

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

8 meses de puro amor...

Para filho! Para de crescer tão rápido! Quero apreciar cada momento do teu crescimento e sinto que agora não estou tão presente. Sinto falta de passar todos os meus momentos contigo, de te segurar ao colo, de te alimentar, de te dar miminhos, de brincar contigo todo o dia. Mas a vida é mesmo assim, precisas de ganhar a tua autonomia, a tua liberdade, sem estares sempre comigo.

Com 8 meses:
  • Dormes de barriga para baixo.
  • Viras de barriga para baixo e para cima, mas sempre para o lado direito.
  • Adoras qualquer canção que te cante e se estiveres a chorar calaste logo.
  • Espreitas à nossa procura quando saimos da tua beira.
  • Dizes imensas silabas, principalmente o "pa" (arrrrgggg). O "ma" só dizes algumas vezes.
  • Só queres estar de pé e em frente ao espelho a falares ou ralhares para ti próprio.
  • Sentaste sem apoio.
  • Chapinas tudo à tua volta quando estás a tomar banho.
  • Cais para a frente para tentares começar a gatinhar.
  • Agarras e brincas com os teus pés.
AMO-TE FILHOTE! ÉS E SERÁ SEMPRE O AMOR DA MINHA VIDA!

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Há dias assim!

Há dias em que vamos tomar banho e lavamos o cabelo com gel de banho (No comments!!).

E não é que até ficou bem sedoso? É que o gel de banho tinha hidratante!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Doentinho... again :(

O Rafinha pregou mais um pequeno susto aos papás. Ele já andava bastante constipado desde há 2 semanas. Já andava a dar umas gotinhas de Fenistil para ver se arava o pinguinho no nariz. Na semana passada começou a piorar com uma tosse seca. Para o final da semana já tinha tosse com expetoração.

No domingo, quando fui deitá-lo, ele não parava de chorar. Dei-lhe um pouco de maminha e tornei a deitá-lo. E ele continuou a chorar. Quando o levanto ele vomitou tudo. O pai tira-lhe a roupa, eu começo a limpar o chão e ele torna a vomitar. Preparo o banho e dou-lhe um banhito sem o mexer muito. Quando o estou a vestir, torna a vomitar e sempre com a expetoração o que lhe dava ainda mais vómitos. Ligo ao pediatra e não atende. Ligo à Saude24 e encaminham-me para o centro de saúde para ser observado por um médico. Como o Rafinha tem médis, fomos ao Hospital da Boa Nova. E ele sempre a vomitar! Cheguei ao Hospital deram-lhe um soro com sais numa seringa a ver se ele aguenta e ele começa logo a chorar e vomita tudo outra vez.

Próximo passo seria por-lhe a sono. E como ele estava muito pálido, mas ele é branquinho dele, a médica resolveu também tirar uma gotinhas de sangue para análise por questão de precaução. Deitei-o na cama, e ele estava cheio de soninho, sem saber o que o esperava.  Picaram-lhe uma vez na veia, mas como estava desidratado o sangue não fluia. Apertaram-lhe aquela mãozinha tão pequenina e ele choramingava. Como muito esforço conseguiram por-lhe o cateter. Passado um bocado a veia rebenta. Tornaram a picar-lhe na outra mão. Outra vez com dificuldade tentaram por-lhe o cateter e a veia rebenta. Voltaram a picá-lo desta vez no pé só que tinha o pezinho frio, então não conseguiram por o soro a passar. Picaram-lhe novamente no bracinho e desta vez parecia que a coisa ia funcionar. Puseram-nos num quarto com muito boas condições e o Rafinha começou a dormir um bocadinho. Ás tantas o aparelho que ministrava o soro começou a apitar. A veia tinha arrebentado! É preciso ter azar e ele tão pequenino! Chorava e só me pedia colinho com aqueles olhinhos e eu sem puder fazer nada, apenas tentar dar-lhe miminhos! Lá lhe picaram novamente no pé mas como estava quentinho já funcionou. Ficamos lá durante 5 horas a soro. Depois novamente demos o soro com os sais e ele foi aguentando.

Ele só queria estar no meu colo e de pé. Teve muita dificuldade em dormir e nem embalado ele adormecia. Estava mesmo aborrecido. Como estava smepre com ele ao colo, estava cheia de dores nas costas e pedia ao pai para pegar nele, mas ele chorava quando saia do meu colinho e só se atirava para os meu braços. E quem resistia aqueles olhinhos?

Fiquei assim até ele aguentar o tal soro e não vomitar mais. Quando começou a ficar melhor mas ainda não podia mamar porque ainda estava com o soro, estava a ficar mesmo aborrecido. Faltava-lhe o consola da mama. Quando finalmente me disseram que já lhe podia dar, só queria que o vissem a mamar. Foi tal a satisfação dele e minha porque finalmente já podiamos ir embora e ele já estava melhor.

Ontem não foi para o infantario, ficou comigo de manhã e de tarde com a tia. Agora come pouquinho de cada vez e mais vezes seguidas. Vamos lá ver como correr hoje no infantário.

domingo, 18 de setembro de 2011

Conquistas

Aos 7 meses e 2 semanas sentas-te sem apoio.
Aos 7 meses e 2 semanas já pronuncias as silabas "pa" e "ma". Claro que ainda não entendes o que estas a dizer, mas vais chegar lá, mas quando as dizes seguidas parece mesmo que nos estás a chamar.
Aos 7 meses e 2 semanas, quando nos escondemos de ti, tu esticaste todo para nos procurares.
Aos 7 meses e 2 semanas, queres dormir de barriga para baixo (assusta-me tanto!!).

P.S.: Coincidências:
  • No outro dia, enquanto o pai te dava a papinha, eu para não te distrair porque senão não comes, sentei-me no sofá e espreitei-te. Ao veres-me disseste "ma".
  • No outro dia, enquanto te deitava na cama e tu choravas com o soninho e eu sai e encostei a porta ouvi um "ma".
  • No outro dia, o teu pai ia a sair pela porta e tu disseste "pa".
Podem ser mesmo coincidências, mas para mim e bem no fundinho do meu coração acredito que já seja tencional!

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Novo infantário

Temos novidades para vos contar! Não tenho tido muito tempo para vir cá, porque ainda estou a adaptar-me à nova escola, ao novo horário, mas com tempo hei-de conseguir organizar-me.

Como já sabem, no dia 1 de Setembro lá levei o Rafinha ao infantário. Como me custou deixá-lo lá com pessoas que ele não conhecia de lado nenhum. Custou-me nesse e nos dias que se seguiram. A educadora sempre escreveu num caderninho se tinha comido e dormido bem etc. Claro que nunca li nenhum recado a indicar que  algo estava mal. Eu é que me fui apercebendo de certas coisas e que me fizeram perder toda a confiança que tinha depositado no infantário. Tinha escolhido este infantário por ser perto dos meus pais e quando fosse preciso eles podiam ir lá buscá-lo.

Assim, e contra o relógio, procurei novo infantário. Neste eu posso ir à sala buscá-lo, entrar sem avisar que vou entrar. No outro eu nunca podia subir e ir à sala, esperava sempre na parte de baixo à espera que o trouxessem. Quando o entregava, tinah aquele sentimento de que o estava a "depositar"!

Neste infantário, no dia em que fui pela 1ª vez, fiquei lá 1hora e vi que o Rafinha se estava a adaptar muito bem. Quando o fui buscar recebeu-me com um enorme sorriso, coisa que não acontecia no outro. Agora sempre que o vou buscar, vejo as auxiliares à volta dele a fazerem-lhe cócegas, ele a rir-se que nem um maluco, a brincarem com ele. Agora estou confiante que tomei a decisão mais correcta para ele e para mim. Não importa que seja mais caro, não importa que seja mais longe para os avós... importa sim eles estar bem e feliz!

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Primeiras silabas

Desde há 2 semanas para cá que o Rafael já verbaliza silabas como "ba", "bu" ou "bo". Ele já palrava muito (depois da barriga cheia) com vários "brrrrrr", "ba", "bu", mas muito menos audíveis.

No outro dia, numa destas sessões falantes não é que ele disse vários "ba" seguidos que parecia que estava a dizer "papá"!! Filho... poupa-me!! Só faltava começares a falar e dizeres logo papá! E então eu que cuido de ti e te dou tantos miminhos!! Quer dizer, o pai também cuida de ti e da-te miminhos, mas Mãe é Mãe!

sábado, 3 de setembro de 2011

Com febre

E assim que foi para o infantário veio logo doente!! Na 5ª de tarde já estava muito molenguinho, só queria dormir e nem sequer chorava para adormercer. Senti-o muito quente e decidi medir-lhe a tempartura. Resultado: 38,8º. Dei-lhe logo o be-nu-ron de 8h em 8 h. Como a febre baixava mas voltava sempre, resolvi dar-lhe de 6h em 6h... mas nem assim desapareceu. Já lhe dei banho com água tépida várias vezes e vesti-o com roupa de algodão larga. Nem assim! Liguei então ao pediatra a ver o que podia fazer. Como ele não tem mais nenhum sintoma (vómitos, borbulhas na pele, diarreia, etc) disse que podia estar a "chocar" qualquer coisinha. Disse para aguardarmos até amanhã e ver se passa.

Por estar assim aborrecido, ele que já dormia no seu quartinho desde os 6 meses, ontem voltou para o meu lado (que saudades!), mas sempre na caminha dele. Não quero é que ele se habitue!!

A ver se amanhã melhora porque não gosto nada de o ver assim e não puder fazer nada.


quinta-feira, 1 de setembro de 2011

3 anos de casamento

Fez no dia 30 de Agosto, 3 anos que casei com o homem da minha vida. Foi um dia muito especial, um dia muito desejado e muito planeado. Foram tantos os preparativos e os pormenores, para depois passar demasiado rapido. Mas valeu a pena!


Nesse dia estava um nevoeiro em Santa Luzia  e não se via a linda paisagem que se vê lá em cima.

P.S.: Nesta foto tinha 16kg a mais do que agora ehehe. O V. não se pode queixar que eu não engordei com o casamento mas sim perdi peso!!

O pior dia da minha vida

Hoje foi o pior dia da minha vida! E acho que muitos mais se avizinham. Pela primeira vez o Rafinha foi para o infantário. Deixei pela primeira vez o meu filho com pessoas que ele não conhece, num local que ele não conhece, tudo diferente ao que está habituado.

Eu sei que tem de ser, eu sei que tenho de ir trabalhar, eu sei que ele também precisa de estar com outras crianças, eu sei que mais tarde é muito pior e que agora ele não se apercebe, eu sei disso tudo... mas o meu coração diz outra coisa. Parece que abandonei o meu filho, parece que me falta um pedaço de mim. Enquanto ia à escola apresentar-me, olhava sempre pelo retrovisor na esperança de o puder ver lá a brincar... mas o pequenito não estava lá. As lágrimas escorriam pela cara abaixo e eu por muito que as quisesse controlar não consegui. Esse controlo tinha sido feito no infantário, mas mal pus os pés cá fora parecia um diluvio.

Pode ser que amanhã seja melhor... assim o espero!!

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

7 meses de puro amor...

E já passaram 7 meses desde que te vi pela primeira vez. Como eras tão pequenino e tão dependente de mim. Agora cresces a olhos vistos! Cada dia que passa mostras uma habilidade nova e eu, como mãe babada que sou, fico cheia de orgulho e com um sorriso de orelha a orelha. Amo-te muito filhote e cada dia que passa o meu amor por ti aumenta! Sabes como diz a canção "Gosto de ti desde aqui até à lua, gosto de ti desde a lua até aqui.".

Aos 7 meses:
  • Conheces bem quem eu sou (quando não estou contigo e depois apareço é só ver o teu sorriso enorme que me enche o coração).
  • Já vais ao colo daqueles que tu conheces e levantas o braços para te pegarem.
  • Já tens medo de pessoas estranhas (choraste com pediatra e com o cardiologista).
  • Viras de barriga para baixo.
  • Dás o jeito com os braços para vestir as camisolas.
  • Continuas a não gostar muito de sopa, mas lá vais comendo.
  • Adoras fruta (crua, dentro daquela redinha ou a vapor)
  • Dás imensas gargalhadas e chamas por nós se pararmos com as brincadeiras, em jeito de desafio.
  • Tens 2 dentinhos.
  • Adoras estar de pé e já te aguentas bem ( encolhes os dedinhos... é tão giro)
  • Sentas-te e seguras-te um bocadinho mas depois desequilibras-te.
  • Continuas a palrar imenso.
  • Encostas a cabeça no ombro quando te pego ao colo.
  • Continuas a não dormir a noite toda... fico mesmo KO!
O que importa é que estás a crescer bem e saudável.

sábado, 20 de agosto de 2011

Portugal dos pequenitos

Na 4ª feira fomos com os avós, tios e prima ao Portugal dos pequenitos. O pai não foi :( ... estava a trabalhar. O Rafa como sempre portou-se muito bem. Dormiu a viagem para lá e para cá. Não ficou chato com a viagem nem com o calor.

Eu nunca lá tinha ido e gostei muito, mas acho que podia estar mais conservado e também achei o bilhete um pouco caro, quase 9€! Mas o que interessa foi que nos divertimos.


Entretanto enquanto viamos um palhaço a fazer umas gracinhas, resolvi fazer uma também ao Rafa e não é que ele gostou!!!


sexta-feira, 19 de agosto de 2011

2º dentinho

No inicio desta semana  outro dentinho estava a espreitar. Entretanto a mamar já ferrei a minha mãe hihihi.!!

Fico tão giro com um dentinho!! Querem ver???



Voltas e mais voltas

Ainda não tinha dito mas o Rafinha finalmente vira-se de barriga para baixo. Tudo começou no dia em que fui fazer a eco, tinha o Rafa 6 meses e 15 dias. Nesse dia tive só boas noticias: ter-se virado, ter visto o 1º dente e ter fechado o sopro no coração. Confesso que estava preocupada ( e muito por causa da translucência da nuca aumentada na gravidez toda, que pode traduzir num atraso em alguma coisa e portanto tenho de estar mais atenta). Apesar dos meus estimulos, ele lá se virava de lado desde os 4 meses mas nunca passava disso. Na semana passada, enquanto estava no parque, eu colocava brinquedos mais longe dele e também coloquei-lhe fraldas descartáveis, eis que o vejo a virar-se sozinho. Fiquei tão feliz, tão contente!! Bati-lhe palmas para o incentivar, ri-me e finalmente chorei. Chorei de alivio... pelo menos estava a fazer algo ainda na altura certa. Podia deixar de me preocupar e alimentar aquele diabinho na minha cabeça que só me dizia que ele não conseguia virar-se, que já estava mais do que na altura!! Havia de dar uma paulada nesse diabo que me atormentava todos os dias.

Também acho que o facto de ele usar as fraldas reutilizáveis pode ter atrasado, uma vez que são mais volumosas e pesadas. Até comentei isso mesmo com o pediatra, mas ele disse que possivelmente podia ter sido isso mas que ele não estava atrasado, que os bebés viram-se aos 5 ou 6 meses e que cada criança tem o seu ritmo. Perguntei-lhe logo quais eram as próximas aquisições e ele disse que seria o sentar. Mesmo na consulta ele sentou o Rafa e disse "Está a ver mãe. Ele quase que se segura sozinho". E é mesmo verdade, o Rafa agora adora estar sentado e quase, quase se equilibra sozinho.

Consulta do pediatra

Ainda não tinha tido tempo para passar por cá e contar as novidades. Com o Rafael está tudo bem. Vamos começar a introduzir o peixe na sua alimentação a partir do 7 meses. Temos ordem para começar a dar outras frutas como pêssego, uvas, ameixa, melão, etc. Vai começar a comer um iogurte inteiro também a partir dos 7 meses.

Conversei com o pediatra sobre as noites do Rafael que têm sido complicadas.  O Rafael mama na mesma de 3 em 3 horas e algumas vezes de 2 em 2 horas. Já na última consulta tinha conversado com ele e tinha-lhe dito se lhe desse a papa antes de dormir ou o meu leite no biberao com alguma farinha da papa. Ele sempre disse que eu podia tentar, mas que duvidava que iria resultar. Que o Rafael tem o seu ritmo e ja faz parte dele. Sempre pensei que com a introdução dos sólidos ele começasse a espaçar mais entre refeições mas não. Nem mesmo dando a sopa, fruta e papa mais para o fim do dia resulta. Já tentei dar-lhe a papa liquida mesmo antes de se deitar em vez do leite e mesmo assim passadas 3 horas ai está ele com fome.

Enquanto esperava cá fora pela consulta, estava a conversar com outra mãe que me dizia que o rafa era muito sossegado e eu a dizer que o unico problema dele era não dormir a noite toda e querer mamar durante a noite, quando chega uma outra mãe (mas esta era a mãe que sabia tudo) e no meio da nossa conversa lá diz: "Os meus filhos eu ensinei-os a dormir sempre de noite". Claro que eu perguntei-lhe como, ao que ela diz: "quando eles choravam com fome eu dava-lhes umas gotinhas de Ae-rom e assim eles calavam-se. Foi remédio santo!". Bem, eu devo ter feito uma cara... Eu não tinha coragem para fazer isso. Houve alturas, tinha ele 2 meses, que começou a aguentar 5 horas durante a noite, mas depois ele ficou doente, comia menos...logo aguentava menos. Eu não consigo ignorar o choro do meu filho a meio da noite. Primeiro porque também estou cheia de sono e perco noção das horas. Depois porque ele não se cala, mesmo colocando a chupeta. Claro que a solução mais fácil para mim é dar-lhe de mamar. O pediatra disse que esse era o ritmo dele e que tinhamos de respeitar. Quando for trabalhar não sei mesmo como vai ser. A continuar assim vou parecer uma zombie.

Tenho de fazer como a mãe Catarina e arranjar coragem para fazer o mesmo. Como eu me revejo nas suas palavras. Bom a ver vamos no infantário, pode ser que ele fique tão cansado que à noite cai redondo na cama.

Ah é verdade: O sopro do coração fechou!

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

O batizado do Rafael

E o tão esperado dia finalmente já passou. Tantos preparativos para depois passar tão rapido. Os convites e lembranças foram feitas no fotografo que fez a reportagem. Tenho feitos alguns trabalhos do Rafa com eles e tenho gostado muito.

O convite (o texto da parte de trás do convite sofreu algumas correcções mas não tenho a versão final):



As lembranças (fizemos um livrinho com várias fotos do Rafa de dimensão 10x10) :





O Rafael portou-se muito bem. Estavam lá mais 2 meninas que se fartaram de chorar, mas o Rafinha estava calmo. Só mesmo no fim é que começou a choramingar um bocado mas porque estava com calor. Tirei-lhe as meias e os sapatos e o assunto ficou logo resolvido. Estava um dia bonito, a paisagem era linda ( no meu casamento não se via nada tal era o nevoeiro). Escolhemos batizá-lo em Santa luzia, em Viana do Castelo, porque também foi lá que nos casamos. Pena foi ter partido o prato que comprei para colocar a água que levei do Rio Jordão... lá se foram 200€!!. Ao menos partiu no final... mas era tão lindo o pratinho.

Quando tiver as fotos do batizado ponho aqui porque ele ia muito lindo!!

terça-feira, 9 de agosto de 2011

O 1º dentinho

Ontem enquanto esperava para fazer o ecocardiograma tive uma bela surpresa. Estava a brincar com o Rafa e enquanto ele se ria que nem um perdido, vi qualquer coisa de diferente a espreitar na gengiva. Abri-lhe mais um pouco a boca e não é que estava lá um dentinho!! Ele já estava com cócó mole já desde 5ªfeira passada e de certeza que era por causa do dentinho... e eu a alterar-lhe a alimentação dele. Dahhh!!!

A ver se consigo tirar uma foto com o dentinho a mostra.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Incerteza

E confirmou-se o que eu já esperava e temia... não vou ter horário na escola onde já estava há 3 anos!! Com esta reorganização curricular, que não é mais do que uma medida para poupar uns €, deixei de ter Área de Projecto e como a escola optou por outro curso CEF não há horário para mim. Fiquei triste e com lágrimas no olho. Comecei logo a pensar na incerteza de ficar ou não colocada, ficar mais longe do meu pimpolho... é que estava tão pertinho dele. A ver vamos quando sairem as listas.

E já agora em relação à ADD: no ano passado tive 9 que corresponde a Excelente e fiquei com o Muito bom porque não tive cota. Este ano tive 8,667, que corresponde a Muito Bom, e fiquei com o Bom porque não tive cota!! Esta avaliação é mesmo injusta. Fiquei com esta nota porque não fiz formação... claro que não fiz formação. Apenas estive na escola durante o 1º período!!

E ainda por cima sem horário... isto está a ficar bonito!

Ó pra nós!!

Que lindos que nós estamos... pena é que começas a ficar mais parecido com o teu pai arhhhhhh!!!

domingo, 24 de julho de 2011

6 meses de puro amor...

6 meses que passaram a correr! O tempo foge-me por entre os dedos e tu cresces demasiado rápido. Ontem estava completamente nostálgica. Arrumei toda a tua roupa desde que nasceste... e senti uma saudade de quando eras ainda mais pequenino. Agora vejo o quanto desenvolveste!

Aos 6 meses:
  • Adoras dormir de manhã
  • Continuas a acordar imensas vezes durante a noite para mamar (3 em 3 horas e as vezes 2 em 2 horas, mas isso fica para outro tópico)
  • Adormeces sozinho com o teu bonequinho ou com a fralda
  • Acordas com um sorriso enorme e sempre com as maozinhas para nos agarrar o rosto
  • Continuas a babar-te imenso e com muita comichão nas gengivas
  • Dás imensas gargalhadas, principalmente com as "palhaçadas" que o teu pai faz
  • Já percebes bem a brincadeira do "cucu" e da canção das palminhas
  • Fazes umas careta muito engraçadas (fazes biquinho com os lábios e depois pões a lingua de fora)
  • Já pegas em qualquer objecto e passas de uma mão para a outra
  • Já gostas de bater em qualquer sitio com a mão ou com objectos mas principalmente nas mesas (fazes cá um barulho)
  • Comes papas com gluten
  • Comes sopa com carne (choras um bocado mas eu dou-te na mesma)
  • Comes fruta com bolachas e iogurte natural
  • E outras coisas que não me lembro... que a falta de dormir deixa-me assim!!
Olhem só para mim, estou tao crescido!!


terça-feira, 19 de julho de 2011

Doentinho

O Rafinha está doentinho... resolveu ficar assim porque sabia que eu ia trabalhar eheh. No Domingo já o achei mais chatinho e fazer um barulhinho enquanto respirava. Ao longo do dia começou a ficar pior... medi-lhe a temperatura e não tinha frebre. Durante essa noite dormiu muito pouco, sempre a chorar, muito chatinho. Achei estranho porque o Rafa raramente chora. Uma das vezes que andava a tentar adormecê-lo, ele vomitou toda a papa que tinha comido e já tinham passado muitas horas. Pensei que estivesse mal disposto mas também o senti muito quente. Medi-lhe novamente a temperatura e tinha febre, mas pouco (37,8). Dei-lhe o benuron e a febre baixou um pouco. De manhã voltou a ter febre mas desta vez mais alta , mas já estava a ficar bastante congestionado e sempre com o pinguinho no nariz. Dei-lhe novamente o benuron mas a febre não baixava e continuava cada vez mais com o pingo no nariz e espirrava muitas vezes. Então liguei ao pediatra mas como ele não me atendeu resolvi ir ao hospital. O Rafa estava sempre a chorar, não tinha posição para estar... estava mesmo aborrecido.

O Rafa tem um quadro vírico. Vamos fazer nebulizações 2 ou 3 vezes por dia, benuron de 8 em 8 horas e 7 gotas de fenistil de 12 em 12 horas. Ontem a noite como a febre teimava em não baixar, demos-lhe um banhinho em água morna e ficou lá de "molho" algum tempo a tentar "trincar" o peixinho. Esta noite, dormiu melhor. O fenistil  dá-lhe sono mas mesmo assim queria mamar de 3 em 3 horas eheheh. Já não tem tanto pingo no nariz e já começa a respirar melhor. A febre baixou por isso o tratamento está a resultar.

Quem não dormiu nada bem fui eu... estava sempre a olhar para ele, a medir-lhe a temperatura, tapá-lo para ele não ficar descoberto porque estava a dormir só com o body. E la fui eu para uma reunião hoje de manhã cheiiiinha de olheiras. Mãe sofre!!!