sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Alegria... palminhas

Ontem o Rafa pela primeira vez bateu palminhas sozinho! yuuuupiii!!

Finalmente... após tanta insistência por minha parte, e confesso que até já tinha desistido de tentar fazer com que ele batesse palminhas porque ele em vez de bater agarrava os dedos ehehe, ontem na casa da minha mãe ele bateu palminhas sem mais nem menos! Pensei que fosse uma coisa espontanea, mas depois fomos ao shopping e tornou a fazê-lo, assim sem mais nem menos. Fiquei maluca eheheh. Parecia mesmo que me tinha saido o Euromilhões!!! À noite, em casa, enquanto o preparava para dormir, disse-lhe para bater palminhas e não é que ele bateu?!?! Bem parecia ainda mais maluca... com lágrimas nos olhos, com um orgulho enorme, com um sorriso na boca... eis que finalmente o Rafinha bateu palminhas!

É que o fantasma da prega da nuca está sempre presente na minha vida. Há-de andar sempre atrás de mim sempre que o Rafinha não fizer algo dentro dos parâmetros normais. Mas eu não queria mesmo que esse fantasma estivesse presente sempre na minha vida, porque vivo sempre com a dúvida se ele faz ou não todas as coisinhas que fazem as outras crianças. Tenho de ver se contrato um ghostbuster!

4 comentários:

Futura mãmã disse...

Oin que fofo =D
Beijo

Vânia e Mariana disse...

Que bom, PArabéns por mais uma etapa!!! Es tola, e tens qe tirar isso da cebeça!!! O Rafa esa optimo, e faz tudo normal, dentor do parametros normias, e já sabes que umas crianças batem palmas primeiro que outras, etc....Tem muito a ver com o ritmo da propria criança, não quer dizer que tenha algum problema. Não faz no dia em que fexz 9 meses? faz qd fizer 10 :P. Relaxa, porque faz-te mal, eandas angusitada.O Rafa tem feito tudo normal, é seguido por um bom pediatra, que não ve nadade mal...Foi um susto que passaste na gravidez, mas que tens que deixar de vivier com isso, ele tem quase um ano :):):), Já se teria notado algo se fosse esse o caso.

Beijinhos grandes

Lice disse...

Bem como te compreendo, até há pouco tempo, tentava associar as conquistas da Laura, ou o atraso de algumas, com alguma consequência do problema com que nasceu, mas sabes uma coisa... eles têm o seu tempo e agora apercebo-me que acaba por fazer tudo igual a qualquer outro bebé e se formos bem a ver por vezes até fazem coisas que os outros ainda não!!! É tudo muito relativo. Temos de tentar aproveitar ao máximo estes momentos tão especiais e deixar os fantasmas para trás...
Beijinho grande para ti e para esse puto fofo que está cada vez mais bonito!

PS: E olha que se a Laura sair à mamã até gosta bem dos homens mais novos lol...

Mara disse...

É tão giro vê-los a bater palminhas! A minha Rita também só o fez aos 10 meses. Nós queremos que eles façam tudo cedo e eles são é todos do contra :)
Ainda em relação ao post das fraldas, por causa das aquisições motoras, o João começou a pôr-se em pé agarrado aos 8 meses e meio; aos 9 começou a andar agarrado às coisas. Já a Rita, só se pôs em pé aos 9 meses e meio e só começou a andar agarrada mais de um mês depois. Eles são todos diferentes e têm ritmos diferentes :)
Beijinhos e vou continuar a passar por cá :)

Enviar um comentário