segunda-feira, 25 de março de 2013

2 anos e 2 meses de puro amor...

Começo a perder a noção dos meses que fazes. Faz-me um bocado de confusão por isso a partir de hoje vou-me referir em anos e meses!

Estás numa fase muito engraçada, repetes tudo o que te dizemos. Fazes coisas muito engraçadas e outras nem tanto, como por exempo fugires para a casa de banho, entrares na banheira, abrires o chuveiro e molhares-te todoooooooo!!! Nem sabia se me havia de rir ou chorar!?!??! Agora, todos os dias à noite, se não te vejo já sei onde te meteste, só que fazes tanto barulho a atirares-te para dentro da banheira que eu descubro logo onde estás.

A tua adaptação ao infantário correu da melhor forma, para descanso so meu coração. E como te fazia falta brincares com os teus pares.

Falando do dia do Pai, o Rafa fez no infantário uma camisa plastificada com um bloco de notas e uma caneta, com um desenho feito por ele (sarrabiscos). Ficou mesmo giro!


Depois ofereci uma prendinha a todos os pais da sala do Rafa... este bolinho que fez um sucesso!

Do teu mensário, aos 2 anos e 2 meses:
  • Comes cada vez melhor e adoras arroz e massa. Carne só comes se te der um pedaço grande inteiro, senão não queres.
  • Continuas a adorar fruta, qualquer que seja.
  • Começaste a adorar chocolate,  que até agora não eras muito interessado. Agora já vais ao frigorifico e dizes "colate".
  • És mesmo rapaz, não tens medo de nada. Só queres saltar, correr, tentar fazer tudo que é perigoso!! E eu fico com os cabelos em pé.
  • Agora tens a mania de ir para a lareira, e mexes nas cinzas! Fica tudo sujo, principalmente tu!!
  • Estás a entrar na fase de bater nas pessoas quando não fazem o que tu queres. E se te prendermos a mão e dissermos que não, tentas nos ferrar! Está a ser complicado gerir esses teus sentimentos e tentar dar-te a volta.
  • Acho que ainda não tinha aqui referido mas detestas que te cortem as unhas (tanto dos pés como das mãos). E tem sido cada vez pior. São precisas 2 pessoas para te puder cortar... e fico a transpirar no fim de tanto te prender.
  • Adoras ver o Pato Donnald, o Bocas, o Tom Sawyer e claro o Pingu! Para já não me tens pedido para ver nem o Noddy, nem o Ruca.
Estás cada vez mais crescido, mais TRAQUINA e claro que continuas sem dormir uma noite inteira. Não sei como vai ser para te darmos um irmão ou irmã! Temos de esperar mais um bocado, diz o pediatra que até aos 3 anos vais regularizar. SERÁ?!?!?!

Bom de qualquer forma aqui ficam umas fotos de mais uma das traquinices que eu faço à minha mãe ehehe ( mexer na sua maquilhagem)




AMO-TE MUITO FILHOTE!

sexta-feira, 8 de março de 2013

Coisas do "Lélé" #3

Ontem a subir as escadas para ir para o quarto dormir, arrota e vira-se para mim: "lixenxa" (com licença!!)

Eu ri-me que nem uma tolinha e ele olhar para mim! Depois desatou a rir também. E o pai a não perceber nada eheheh!

quarta-feira, 6 de março de 2013

Coisas do "lélé" #2

Eu: Rafael vamos comer
Ele: Já vooooouuuuuuu
(e lá vem ele a correr para se sentar na cadeira)

Eu: Rafael onde estás
Ele: Já vooooouuuuuuu
(o já vou serve para tudo eheheh)

terça-feira, 5 de março de 2013

O regresso ao infantário

Depois de 2 meses e meio, eis que regressou ao infantário. Como se nada fosse, como se nunca tivesse deixado de ir, como se tivesse passado um fim de semana. E isso para mim tranquilizou-me... fiquei mais descansada. Gosto de saber que ele se sente bem lá e de certeza que já devia de sentir falta dos amiguinhos. 

Mas custou-me, custou-me porque já estava habituada a chegar a casa e ele estar. Mas também sei que para ele é muito melhor estar lá.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Do aniversário do Rafa

Foi muito trabalhoso mas tão compensador. Tudo feito por mim, com a ajuda da minha irmã.

Ora vejam lá:

No dia do aniversário

No dia da festa



Falta a foto da mesa toda preenchida, mas não sei onde está?!?!!?

25 meses de puro amor...

Ai meu amor que a mãe anda mesmo atrasada. Desculpa, mas ando mesmo sem vontade de escrever, sem vontade de nada. É o cansaço, isto de não me deixares dormir durante a noite é o que dá. Mas continuo a AMAR-TE INCONDICIONALMENTE.

Vamos lá por partes. Primeiro da consulta do otorrino, estás completamente recuperado do ouvido esquerdo, mas do direito ainda não. Vamos aguardar mais uns tempos. Entretanto continuas em casa com a tia e comigo. Mas acho que precisas ir urgentemente para o infantário. Começo a notar que a tua parte social está a ficar afetada. Tu já não eras uma pessoa "muito dada" mas agora tem sido pior. Tens dificuldades em ir brincar com miudos que não conheces e só depois de muito observares é que vais. Claro que depois não queres parar ou vir embora. O tempo também não ajuda a que eu te leve aos parque para não perderes o contacto com outras crianças. Para a semana vais voltar ao infantário. Lá estou eu com o coração nas mãos... a ver vamos como corre.

Estás novamente constipado, porque o fim de semana passado foram muitas as atividades. Tivemos vários aniversários, estava frio fora e quente dentro dos espaços. Mas vai passar rápido... só que ficas logo doente só com uma pontinha de vento... és mesmo frágil, apesar de continuarmos a fazer medicação para ajudar a fortalecer o teu sistema imunitário.

Aos 25 meses:
  • Adoras comer pão e fruta
  • Já dizes muitas coisas e estás a evoluir bem no que toca à linguagem
  • Tens uma personalidade muito forte, queres mandar nos meninos quando começas a brincar com eles.
  • Adora ver o Tom Sawyer
  • És um mimalho, quando vens para o meu colo, dás logo beijos e fazes miminhos.
  • És muito agarrado a mim, e agora ainda pior, porque passamos mais tempo juntos.
  • Continuas sem dormir a noite toda seguida, vou marcar consulta no pediatra para ver o que podemos fazer. É que assim não há hipótese de ter dar um mano/mana. Senão ai é que dou mesmo em maluca.
  • Quando vais ao shopping passas a vida a dizer vamos embora (sais ao teu pai eeheheh).
E assim tem sido os nossos dias, sempre juntinhos, e que está prestes a terminar. Vai-me custar muito deixar-te ir mas tem de ser. Também te vai custar muito, eu sei meu amor, mas também vai ser muito bom. Vais puder brincar muito com outros meninos, teres brincadeiras próprias da tua idade.

AMO-TE MUITO FILHO LINDO!



quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

24 meses de puro amor... PARABÉNS MEU AMOR!

Faz hoje 2 anos de um dia muito especial para mim. 2 anos de um amor incondicional, 2 anos de um amor verdadeiro. Ser mãe é sem dúvida alguma o melhor do mundo, é sem dúvida o meu papel principal. 

Não me canso de dizer que estás a crescer rapido demais, que não tenho tempo de aproveitar todas as tuas fases. Apesar de que agora estamos mais tempo juntos, e tem sido muito bom, tenho saudades do tempo em que eras pequenino, do meu bebé. 

Mas estou a adorar esta tua fase em que falas muita coisa, que me chamas mãe e não mamã. És o homem da minha vida, o sol que me alegra os dias. Só de olhar para ti, tudo à volta desaparece. És o MEU AMOR. Que sejas muito feliz hoje e todos os dias da tua vida.

Aos 24 meses:
  • Chamas mãe e pai em vez de mamã e papá;
  • Adoras ver sombras e identificas-te na tua sombra;
  • Continuas a adorar o Pingu e bolas;
  • Entraste na fase das birras, mas para já controladas;
  • Não vais ao infantário desde o dia 20 de Dezembro;
  • Adoras comer arroz e massa;
  • Fazes a coreografia dos caricas da música da taça (não sei o nome);
  • Riste imenso quando tento fazer cocegas na tua sombra;
  • Já falas imensas coisas e passas a vida a dizer "É pa ti" quando nos queres dar alguma coisa;
  • Gostas de andar em tudo o que tenha pedais.
E muitas mais coisas que agora não me lembro, mas vou tentar lembrar-me entretanto.

Para a festinha, está tudo encaminhado. O tema vai ser mesmo o Pingu e espero ter tempo para fazer tudo. Vai ser complicado, mas nem que tenha de passar a noite em claro mas hei de conseguir.

AMO-TE MUITO FILHOTE E CADA VEZ MAIS

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Consulta dos 2 anos

Na 5ª feira lá fomos nós ao pediatra à consulta. Estava mesmo ansiosa por esta consulta, queria saber se ele está bem , o que podemos fazer para que ele não fique tantas vezes doente.

Claro que o menino Rafa teve febre 2 dias antes de ir à consulta, no dia da consulta estava bem e no dia seguinte à noite novamente febre. Dá para acreditar!?!?!?!? É demais para uma mãe! Como estão a nascer os últimos dentes, talvez seja por isso... ou seja por outra razão qualquer!

Bom da consulta, o Rafa FINALMENTE, pela primeira vez na sua vida, está acima do percentil 50 em relação ao peso. Neste momento pesa 13,500kg (entre o percentil 75 e 90) e mede 90cm  (entre o percentil 75 e 90).Falei ao pediatra para lhe dar algo para ajudar a fortalecer o sistema imunitário dele, uma vez que passa a vida doente não pode estar com ninguém que esteja doente que fica logo doente. Nem tem tempo de recuperar! Agora está a tomar uma saqueta com um pó, durante 20 dias e outro que tem de tomar durante 8 dias, de mês a mês, durante 3 meses. Espero mesmo que ele melhore, porque nem ele, nem eu temos mais paciência para doenças.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Novidades nossas

E cá estamos nós a  um passinho do 2º aniversário. Nem acredito que já se passaram quase 2 anos...

Continuando, o Rafa está doente... again! Apesar de estar em casa desde 20 de Dezembro ficou doentinho.  Como a minha sobrinha esteve doente, deve ter sido por isso que ficou doente. Ontem teve febre e vomitou à noite, vamos aguardar. O que vale é que pelo menos anda bem disposto. Amanhã temos a consulta dos 2 anos e assim aproveitamos para ver se ele está bem. 

Fomos falar no infantário e a dona foi acessível, vamos pagar metade da mensalidade, do mal o menos.

Andamos muito desaparecidos porque temos tido algum trabalho. Ora espreitei lá Doce Gulla:


Agora estamos em modo de preparativos para o 2º aniversário. Tanta coisa para preparar, espero ter tempo para tudo.




   

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Da consulta do otorrino

E lá fomos nós à consulta do otorrino. O Rafa continua com liquido nos ouvidos e se continuar a fazer otites tem de ser operado às adenóides!

Tratamento? Não ir mais para o infantário até ter 3 anos! What!?!? E eu não tenho de trabalhar? Ele falou-me com uma calma e naturalidade como se isso fosse possível. Pergunta ele se a avó não pode ficar com ele, a avó só tem 59 anos, e portanto ainda lhe faltam alguns anos para ir para a reforma, apesar de já ter mais de 45 anos de desconto!! Acho que fiquei meio atónita. Por um lado quero o melhor para o meu filho, por outro o que ele propôs não é viável. Senti-me com a consciência pesada, senti-me muito pequenina, senti-me culpada. Culpada por algo do género acontecer e eu não puder estar em casa a acompanhar o meu filho. Mas porquê é que uma mãe não pode acompanhar o seu filho até entrar na pré? Porque o estado não apoia, porque os patrões não apoiam... enfim!

Sugestão: pelo menos não ir até final Fevereiro. Aí a situação melhora. Como a minha irmã está desempregada poderá ficar com o Rafa nas horas em que tenho de ir trabalhar. Agora falta falar no infantário, porque ele não ir 2 ou 3 meses e estarmos a pagar não é justo. A ver vamos o que diz a dona.

Entretanto o Rafa anda novamente dormir mal de noite, muito chorão e a coçar o ouvido. Será outra otite? Até me corta o coração... não queria que ele fosse operado assim tão pequeno!