sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Voltas e mais voltas

Ainda não tinha dito mas o Rafinha finalmente vira-se de barriga para baixo. Tudo começou no dia em que fui fazer a eco, tinha o Rafa 6 meses e 15 dias. Nesse dia tive só boas noticias: ter-se virado, ter visto o 1º dente e ter fechado o sopro no coração. Confesso que estava preocupada ( e muito por causa da translucência da nuca aumentada na gravidez toda, que pode traduzir num atraso em alguma coisa e portanto tenho de estar mais atenta). Apesar dos meus estimulos, ele lá se virava de lado desde os 4 meses mas nunca passava disso. Na semana passada, enquanto estava no parque, eu colocava brinquedos mais longe dele e também coloquei-lhe fraldas descartáveis, eis que o vejo a virar-se sozinho. Fiquei tão feliz, tão contente!! Bati-lhe palmas para o incentivar, ri-me e finalmente chorei. Chorei de alivio... pelo menos estava a fazer algo ainda na altura certa. Podia deixar de me preocupar e alimentar aquele diabinho na minha cabeça que só me dizia que ele não conseguia virar-se, que já estava mais do que na altura!! Havia de dar uma paulada nesse diabo que me atormentava todos os dias.

Também acho que o facto de ele usar as fraldas reutilizáveis pode ter atrasado, uma vez que são mais volumosas e pesadas. Até comentei isso mesmo com o pediatra, mas ele disse que possivelmente podia ter sido isso mas que ele não estava atrasado, que os bebés viram-se aos 5 ou 6 meses e que cada criança tem o seu ritmo. Perguntei-lhe logo quais eram as próximas aquisições e ele disse que seria o sentar. Mesmo na consulta ele sentou o Rafa e disse "Está a ver mãe. Ele quase que se segura sozinho". E é mesmo verdade, o Rafa agora adora estar sentado e quase, quase se equilibra sozinho.

0 comentários:

Enviar um comentário