quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Novo infantário

Temos novidades para vos contar! Não tenho tido muito tempo para vir cá, porque ainda estou a adaptar-me à nova escola, ao novo horário, mas com tempo hei-de conseguir organizar-me.

Como já sabem, no dia 1 de Setembro lá levei o Rafinha ao infantário. Como me custou deixá-lo lá com pessoas que ele não conhecia de lado nenhum. Custou-me nesse e nos dias que se seguiram. A educadora sempre escreveu num caderninho se tinha comido e dormido bem etc. Claro que nunca li nenhum recado a indicar que  algo estava mal. Eu é que me fui apercebendo de certas coisas e que me fizeram perder toda a confiança que tinha depositado no infantário. Tinha escolhido este infantário por ser perto dos meus pais e quando fosse preciso eles podiam ir lá buscá-lo.

Assim, e contra o relógio, procurei novo infantário. Neste eu posso ir à sala buscá-lo, entrar sem avisar que vou entrar. No outro eu nunca podia subir e ir à sala, esperava sempre na parte de baixo à espera que o trouxessem. Quando o entregava, tinah aquele sentimento de que o estava a "depositar"!

Neste infantário, no dia em que fui pela 1ª vez, fiquei lá 1hora e vi que o Rafinha se estava a adaptar muito bem. Quando o fui buscar recebeu-me com um enorme sorriso, coisa que não acontecia no outro. Agora sempre que o vou buscar, vejo as auxiliares à volta dele a fazerem-lhe cócegas, ele a rir-se que nem um maluco, a brincarem com ele. Agora estou confiante que tomei a decisão mais correcta para ele e para mim. Não importa que seja mais caro, não importa que seja mais longe para os avós... importa sim eles estar bem e feliz!

0 comentários:

Enviar um comentário