sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Feliz Natal!

Feliz Natal para todos os que nos seguem! Que este Natal seja carregado de amor, carinho e união.

O bolo arco-iris

Mas para que é que me meto nestas coisas!?!??  Tirei a ideia daqui, de um blog de uma minha amiga virtual, e queria muito fazer este bolo para o aniversário do Rafa. Mas é um bolo que dá algum trabalho. Não ficou mau, mas tenho primeiro de aprender a colocar a pasta de açúcar... começou a partir de um lado, depois do outro... enfim, falta de experiência!

Aqui ficam as fotos, mas prometo que para a próxima vai sair bem melhor.



11 meses de puro amor... o meu pai natal!

11 meses de puro amor. Hoje estou particularmente sensível. Não consigo falar de ti sem me cairem as lágrimas pela cara abaixo. Não são lágrimas de tristeza, mas de um  amor tão grande, tão forte, de um orgulho enorme de ser tua mãe! Fazes-me muito feliz filhote.

Aos 11 meses:
  • Dizes "ola", que às vezes tanto quer dizer olá como bola (é parecido)!
  • Tens 6 dentinhos
  • Bates palmas quando ouves os parabéns!
  • Fazes a "pitinha põe o ovo".
  • Só queres brincadeira e já nos provocas para brincar contigo.
  • Ris-te que nem um perdido com cócegas ou até mesmo com a antecipação da brincadeira (quando te dizemos "queres ver!")
  • Adoras bolas e brincar com elas.
  • Andas agarrado aos móveis e adoooooras estar de pé ( o que nos cansa muito).
  • Continuas a arrastar-te pelo chão.
  • Adoras comer da nossa comida (tem outro sabor não é filhote!)
  • Não nos podes ver comer porque queres também provar e ainda bem!
  • Tem-te custado a adormecer, algo que fazias tão bem. Agora são 23h e tu ainda por dormires e só queres brincadeira!
  • Continuas a acordar mil e uma vez durante noite (isto nem com o biberão vai lá!)
  • Continuas a preferir dormir de barriga para baixo e em camas grandes.
Obrigada filhote por estes maravilhosos 11 meses em que fizeste parte da minha vida (tirando as 38 semanas na minha barriga)

SUPRESA!!
Em relação a isso, cá está a sessão fotográfica que fizemos como Rafinha. Ele como sempre, adora tirar fotos! Tiramos imensas fotos, mas não dá para colocar todas. Vamos oferecer uma foto aos avós, tios e padrinhos. E oferecemos também calendários às educadoras. Espero que gostem porque eu amei!!



segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Será que estas pinhas têm pinhões?

O menino Rafinha agora gosta de desarrumar tudo, abrir armários... e eu passo a vida a dizer não! Mas ele só entende o Não quando eu me baixo para ficar ao nível dele, por isso essa é táctica agora!

O que ele mais gosta de atacar agora é o cesto das pinhas, puxa o cesto para perto dele, baixa a asa... e depois mete-as à boca!! Mas eu já lhe disse que essas pinhas não têm pinhões, mas ele insiste!!


PS.: Eu sei que estou em falta. Amanhã a ver se tenho um bocadinho de tempo para falar sobre a festinha de natal do Rafinha.

PS#2.: Esta semana vamos ter uma surpresa.... preparem-se!!

O meu anjinho...

Finalmente encontrei um adorno que representasse o Rafa na árvore, mas não era bem isto que eu queria. Eu queria um anjinho que vi numa loja, só que só tinha meninas. Eu também gosto deste e não queria colocar o adorno no final do natal não é!

Aqui está o meu anjinho :

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Sem leite??

Não quero, não posso, não consigo aceitar a ideia de que possivelmente estarei a ficar sem leite.Eu sempre acreditei na amamentação, sempre quis amamentar, mas compreendo as mães que por opção ou porque não podem mesmo, não amamentam!
Eu sempre lutei e no ínicio sofri bastante com as mastites, inflamações, mamilos gretados, etc,etc, mas mesmo a deitar sangue, mesmo a doer como tudo (pior do que o parto), com as lágrimas a cairem-me pela cara abaixo, eu não desisti! Acho que hoje sou uma "expert" em amamentação. Eu se pudesse amamentava o Rafa até aos 18 anos!
Como o Rafa nunca mamou em grandes quantidades e para não deixar de produzir leite, eu comprei uma bomba profissional para tirar leite e tenho a arca congeladora cheia de leite, mas quando começei a trabalhar ficou mais dificil tirar. Na altura, quando começei a introduzir os sólidos, depois de ele comer tirava sempre leite de uma mama.
Mas com o stress todo a que tenho estado sujeita, acho que a quantidade de leite que tenho já não deve ser suficiente para as necessidades do Rafa. Eu que bebo 3 litros de água por dia, para ter liquido suficiente para mim e para a produção de leite, eu que me alimento de uma forma saudável (hábito que ganhei quando perdi os meus 16kg antes de engravidar) para que o leite tenha todos os nutrientes, começo a perceber que agora o leite demora mais a sair, que o Rafa passa mais tempo a puxar para sair em jacto. Ás vezes olho para ele, para as mãozinhas dele e a ocitocina começa logo a funcionar, e o leite a sair com mais fluidez, ou então fecho os olhos e imagino aquele sorriso lindo que ele tem e lá funciona. Mas a meio da noite é complicado, às vezes o cerebro ainda está a dormir eheheh!
Já pensei em voltar a tirar com a bomba para estimular a produção de leite. Não quero mesmo parar de amamentar, eu adoro aquele momento que é só nosso. Adoro sentir as mãozinhas dele a acaraciar-me, olhar para ele e ver que é tão perfeitinho e que o amo muito.
Pode ser que para a semana, quando as coisas acalmarem volte tudo ao normal. Pelo menos eu vou fazer por isso.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Stress

Esta semana está a ser do pior... e vai continuar a ser. Como na semana passada faltei no dia em que tinha mais aulas, vou ter de as compensar esta semana!! E o pior é que ainda tenho 2 turmas com testes para corrigir, notas para dar, relatórios de autoavaliação para fazer e ainda aulas para preparar!!! Arghhhhh!

E quem paga com isto tudo? O Rafa... tadinho hoje fiquei com pena dele. "Descarreguei" em cima dele e ele sem culpa de eu não conseguir controlar os meus nervos.

Hoje acordou às 11h (sim porque ele gosta é de dormir de manhã) e eu aproveitei para fazer um teste e dar notas a uma turma. Quando ele acordou, fui vesti-lo e trouxe-o para baixo para comer a sopa. Ele, que sempre foi e é um bocado complicado no que toca à alimentação só queria comer metade... e eu claro fiquei logo stressada. Começei a insistir para ele comer... e ele a choramingar! E eu a chorar a par dele. Como é que é possível eu não conseguir controlar este stress todo. Ele é pequenino, não tem culpa nenhuma do meu stress. A única coisa que ele fez era não querer comer!! O normal...

 Já estava mais do que na hora de me vestir também, ainda só tinha tomado banho. Tinha que sair de casa o mais tardar às 12:30 para deixá-lo na minha mãe, comer algo e sair de casa da minha mãe às 13:10 para entrar na escola às 13:35.

Tenho mesmo de contar até 10, 100, 1000... o que for preciso para controlar mais os meus nervos e ter um pouquinho mais de paciência.

Desculpa filhote! A mãe ama-te muito e não fez por mal!!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Porque nem tudo é mau...

O Rafa ainda está muito congestionado, muito chatinho mas aos poucos está a ficar melhor. Agora só volta ao infantário na 4ª, porque consigo ficar com ele de manhã e de tarde fica com os avós.

Mas como em tudo na vida também há o lado bom, na 6ª de manhã quando acordou e eu o fui buscar e dar beijinhos eis que me presenteia com a "pitinha põe o ovo". Fiquei logo com a lágrima no olhos! Sim ando mesmo muito sensível e qualquer coisinha que ele faça fico assim... Aconteceu o mesmo na festinha de natal . Amanhã irei colocar aqui as fotas da minha figurinha enquanto pintinho amarelinho e do Rafinha que estava tão quietinho e doentinho.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Há um ano... saudades!

Hoje deu-me para cuscar o meu blogue e ver o que estava a fazer há um ano atrás. E estava assim... que saudades daquela barriguinha!

Apesar de ter adorado estar grávida prefiro, de longe, ter o meu Rafinha ao meu lado.

Amo-te muito filhote. És a razão do meu viver!

Doentinho... again :( #3

É verdade o Rafa está doente outra vez. Desta vez com uma infecção pulmonar ( bronquite ou bronquiolite não percebi muito bem porque o médico era ucraniano) ... não ficou bem curado do que tinha apanhado na outra vez e principalmente apanhou no infnatário porque havia lá outro menino que estava muito pior do que o Rafa... os infantários deviam-se de chama infectários!!

O antibiótico tinha terminado na 2ª mas ele continuava com tosse. Durante a semana acho que se foi agravando em número e de intensidade.Ontem estava com febres um pouquinho mais altas, e depois da festinha de Natal do Rafinha (eu não quis que ele perdesse a sua 1ª festinha de Natal e mesmo doentinho portou-se muito bem), dirigimo-nos às urgências.

Fomos atendidos pelo mesmo pediatra da semana passada, viu que ele ja tinha "ratinhos" e preferiu fazer um raio-X ao Rafa. Fiquei logo com o pé atrás... eu sei que o meu pediatra não é a favor dos raio-X e prefere ecografias! Mas depois falei com a técnica que fez o exame e que me explicou tudo direitinho. Referiu que realmente só mesmo em casos necessários é que se faz este exame, que como ele é muito pequenino, a radiação era a mínima possivel, que claro que todas as radiações que apanhamos ao longo da vida vao-se acumulando, que também se apanha mais radiações do que a do exame nas viagens de avião. Bem o que é que eu iria fazer... se o pediatra achou melhor ver como é que estavam os pulmões lá acedi... afinal eles é que são os profissionais e acharam que seria o melhor. Depois do exame diz a técnica: "O rafinha tem andado a tossir muito não tem mãe!". É verdade e tinha mesmo andado a tossir. Mas se não fosse a febre acho que nem sequer tinha ligado muito a isso, porque estava a fazer a nebulização só com soro, a lavar-lhe o nariz com soro... e afinal não foi suficiente.

Agora vimos para casa com mais antibiótico, anti-inflmatório (só durante 3 dias), anti-alergico, e nebulizações com atrovent, ventilan e soro! Enfim uma catrefada de coisas para o meu pequenito que me custa tanto ter de lhe dar estes medicamentos todos, principalmente o antibiótico!

Esta noite já dormiu muito melhor. Dormiu quase a noitinha toda, acordou só para mamar mas eu nem vi as horas, mas acho que deve ter aguentado mais do 4 horas. também durante o dia não tinha dormido nada, só soninhos de 10 min. Agora ainda está a dormir... vou deixá-lo dormir mais um bocadinho antes de lhe dar o antibiótico.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Here we go again...

E esta noite voltamos a ter mais do mesmo.

Como diz a educadora do Rafael... não me pode ajudar porque o filhote dela faz-lhe a mesma coisa, mas para mim ainda é pior, porque ele só quer estar no colo. O Rafa ao menos durante a noite dou-lhe de mamar e ele continua a dormir.

Eu não sei se já tinha referido, mas aponto num caderno as horas em que dou de mamar, porque às tantas já estou tão cheia de sono e cansada que já não me lembro da hora da última mamada. Vejam lá os horários de ontem à noite:
22:05    00:15   02:20  04:30   05:45  08:30

E agora digam se não é para uma pessoa dar em maluca!!

domingo, 4 de dezembro de 2011

Decorações natalícias... exageradas!

Eu como em tudo na vida sou uma exagerada! Para mim o Natal não são as prendas, não é a comida, mas sim começar a decorar a minha casa com coisinhas de Natal e estar com a família. Este ano decidi restringir algumas das minhas decorações, mas ainda ficou exagerado eheheh! Não consigo controlar, é mais forte do que eu! Agora só falta comprar o adorno, talvez um anjinho, para representar o Rafinha na nossa árvore de natal.

Pensei que o Rafinha iria ser como eu e adoooorar a árvore mas não ligou nenhuma... nem às bolas! Estou a ver que sai ao pai!

Ora espreitem lá...

A árvore


O presépio


Na mesa de jantar


Na mesa na sala de estar


No aparador


No hall de entrada



Na entrada

 


sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

A personalidade do Rafael

O bebé calmo, tranquilo que era o Rafinha começa a "desaparecer" ehehhe! Agora começa a mostrar a sua personalidade e aqui é que começa a verdadeira educação.
Como o Rafinha é:
  • Fica mesmo zangado quando o contrariamos. Faz força com as mãos, fechando os punhos, arreganha os dentes e começa a "miar", digamos que algo parecido com gritar.
  • Quando lhe digo "não" a alguma coisa, ele volta a fazer e olha para mim. Eu torno a dizer que não e ele volta a fazer o mesmo em jeito de desafio. Quando lhe tiro algo da mão chora que nem um perdido! E eu rio-me com a situação e ele chateado!
  • Adora bolas e atirar com elas ao chão, ou outra coisa qualquer que esteja ao alcance dele. E ainda por cima diz "óó".
  • Quando o pai diz "Espera" já sabe que é para a bricnadeira. E então fica já com um grande sorriso nos lábios à espera das palhaçadas do pai e depois ri-se que nem um perdido!
e muitas coisinhas mais, que não me lembro... vou só ali dormir um bocadinho e já volto! A ver se assim me lembro de mais coisinhas.


A melhorar

O Rafinha está a melhor, mas ainda não completamente. Continua a não dormir muito bem de noite, mas já vai dormindo mais de 2 horas seguidas! E eu agradeço... pelo menos vou dormindo essas horinhas também!