quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

24 meses de puro amor... PARABÉNS MEU AMOR!

Faz hoje 2 anos de um dia muito especial para mim. 2 anos de um amor incondicional, 2 anos de um amor verdadeiro. Ser mãe é sem dúvida alguma o melhor do mundo, é sem dúvida o meu papel principal. 

Não me canso de dizer que estás a crescer rapido demais, que não tenho tempo de aproveitar todas as tuas fases. Apesar de que agora estamos mais tempo juntos, e tem sido muito bom, tenho saudades do tempo em que eras pequenino, do meu bebé. 

Mas estou a adorar esta tua fase em que falas muita coisa, que me chamas mãe e não mamã. És o homem da minha vida, o sol que me alegra os dias. Só de olhar para ti, tudo à volta desaparece. És o MEU AMOR. Que sejas muito feliz hoje e todos os dias da tua vida.

Aos 24 meses:
  • Chamas mãe e pai em vez de mamã e papá;
  • Adoras ver sombras e identificas-te na tua sombra;
  • Continuas a adorar o Pingu e bolas;
  • Entraste na fase das birras, mas para já controladas;
  • Não vais ao infantário desde o dia 20 de Dezembro;
  • Adoras comer arroz e massa;
  • Fazes a coreografia dos caricas da música da taça (não sei o nome);
  • Riste imenso quando tento fazer cocegas na tua sombra;
  • Já falas imensas coisas e passas a vida a dizer "É pa ti" quando nos queres dar alguma coisa;
  • Gostas de andar em tudo o que tenha pedais.
E muitas mais coisas que agora não me lembro, mas vou tentar lembrar-me entretanto.

Para a festinha, está tudo encaminhado. O tema vai ser mesmo o Pingu e espero ter tempo para fazer tudo. Vai ser complicado, mas nem que tenha de passar a noite em claro mas hei de conseguir.

AMO-TE MUITO FILHOTE E CADA VEZ MAIS

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Consulta dos 2 anos

Na 5ª feira lá fomos nós ao pediatra à consulta. Estava mesmo ansiosa por esta consulta, queria saber se ele está bem , o que podemos fazer para que ele não fique tantas vezes doente.

Claro que o menino Rafa teve febre 2 dias antes de ir à consulta, no dia da consulta estava bem e no dia seguinte à noite novamente febre. Dá para acreditar!?!?!?!? É demais para uma mãe! Como estão a nascer os últimos dentes, talvez seja por isso... ou seja por outra razão qualquer!

Bom da consulta, o Rafa FINALMENTE, pela primeira vez na sua vida, está acima do percentil 50 em relação ao peso. Neste momento pesa 13,500kg (entre o percentil 75 e 90) e mede 90cm  (entre o percentil 75 e 90).Falei ao pediatra para lhe dar algo para ajudar a fortalecer o sistema imunitário dele, uma vez que passa a vida doente não pode estar com ninguém que esteja doente que fica logo doente. Nem tem tempo de recuperar! Agora está a tomar uma saqueta com um pó, durante 20 dias e outro que tem de tomar durante 8 dias, de mês a mês, durante 3 meses. Espero mesmo que ele melhore, porque nem ele, nem eu temos mais paciência para doenças.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Novidades nossas

E cá estamos nós a  um passinho do 2º aniversário. Nem acredito que já se passaram quase 2 anos...

Continuando, o Rafa está doente... again! Apesar de estar em casa desde 20 de Dezembro ficou doentinho.  Como a minha sobrinha esteve doente, deve ter sido por isso que ficou doente. Ontem teve febre e vomitou à noite, vamos aguardar. O que vale é que pelo menos anda bem disposto. Amanhã temos a consulta dos 2 anos e assim aproveitamos para ver se ele está bem. 

Fomos falar no infantário e a dona foi acessível, vamos pagar metade da mensalidade, do mal o menos.

Andamos muito desaparecidos porque temos tido algum trabalho. Ora espreitei lá Doce Gulla:


Agora estamos em modo de preparativos para o 2º aniversário. Tanta coisa para preparar, espero ter tempo para tudo.




   

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Da consulta do otorrino

E lá fomos nós à consulta do otorrino. O Rafa continua com liquido nos ouvidos e se continuar a fazer otites tem de ser operado às adenóides!

Tratamento? Não ir mais para o infantário até ter 3 anos! What!?!? E eu não tenho de trabalhar? Ele falou-me com uma calma e naturalidade como se isso fosse possível. Pergunta ele se a avó não pode ficar com ele, a avó só tem 59 anos, e portanto ainda lhe faltam alguns anos para ir para a reforma, apesar de já ter mais de 45 anos de desconto!! Acho que fiquei meio atónita. Por um lado quero o melhor para o meu filho, por outro o que ele propôs não é viável. Senti-me com a consciência pesada, senti-me muito pequenina, senti-me culpada. Culpada por algo do género acontecer e eu não puder estar em casa a acompanhar o meu filho. Mas porquê é que uma mãe não pode acompanhar o seu filho até entrar na pré? Porque o estado não apoia, porque os patrões não apoiam... enfim!

Sugestão: pelo menos não ir até final Fevereiro. Aí a situação melhora. Como a minha irmã está desempregada poderá ficar com o Rafa nas horas em que tenho de ir trabalhar. Agora falta falar no infantário, porque ele não ir 2 ou 3 meses e estarmos a pagar não é justo. A ver vamos o que diz a dona.

Entretanto o Rafa anda novamente dormir mal de noite, muito chorão e a coçar o ouvido. Será outra otite? Até me corta o coração... não queria que ele fosse operado assim tão pequeno!