segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

12 meses de puro amor... 1º aniversário


E pronto ainda só escrevi o título e as lágrimas já me caem pela cara abaixo. Como sou uma mãe lamechas! Vamos lá recuperar, respirar fundo e começar de novo!

23 de Janeiro de 2011: estou calma e tranquila, mas no entanto ansiosa por te conhecer. E depois vejo-te, sinto-te, cheiro-te e um grande sentimento invade o meu coração. O amor, tal como o conhecia, passou a ser muito maior, algo que nem sequer imaginara que existia, algo grandioso! Só depois de ter sido mãe, é que comecei a compreender o que era o amor incondicional. Este foi, sem dúvida alguma, o melhor ano da minha vida, o ano em que me fizeste sentir a mulher mais feliz do mundo

Passou tão depressa... sinto que devia de ter aproveitado muito mais todos os momentos que passei contigo.  Como diz a canção: "Ó tempo volta para trás, dá-me tudo o que perdi. Tem pena e dá-me a vida, a vida que não vivi!". Muitas vezes dou por mim a observar-te, admirar-te, a tentar memorizar tudo o que tu fazes. Não quero perder nem um segundo da tua vida e quero ver como tu és e serás feliz. 

Quando estou a dar-te de mamar, adoro que passes com as tuas mãozinhas pela minha pele, adoro sentir o teu toque e olho para ti e digo para mim mesma como fomos capaz de fazer um filho tão perfeito e claro, uma lagrimazinha teima em cair! 

Tenho pensado muitas vezes como iria escrever esta mensagem, como traduzir em palavras todo este sentimento que invade o meu coração, mas é impossível! Não há no mundo palavras que consigam descrever o quão grandioso este amor é. És uma bênção na minha vida e não me canso de te agradecer por me teres escolhido para ser tua mãe.

Aos 12 meses tu:
  • Já dás uns passinhos, mas ainda não andas.
  • Adoras brincar com bolas.
  • Adoras brincar com encaixes.
  • Adoras folhear livros.
  • Pegas nos telefones e colocas no ouvido.
  • Pegas nos comandos da televisão para mudar de canal e ficas todo contente quando consegues fazê-lo.
  • Falas muito, mas uma linguagem que para já só tu entendes. 
  • Palavras que entendemos: mamã, papá, bu (avô), bó (avó), olá, ali.
  • Não gostas mesmo nada de iogurtes, sejam eles quais forem.
  • Continuas a adorar sopa e comida.
  • Adoras comer casca de laranja (não é laranja é mesmo a casca!!).
  • Quando ouves música começas logo a abanar os braços.
  • Mal vês um armário só queres abri-lo.
  • A meio da noite acordas e começas a bater palmas e voltas a adormecer.
  • Tens 6 dentinhos ( ainda não nasceram mais desde os 11 meses).
AMO-TE MUITO FILHOTE!


6 comentários:

Futura mãmã disse...

Como o tempo passa..
Fiquei-me imaginando como esse amor deve ser inagualavel msmo...beiijo

Lice disse...

Parabéns ao puto giro!!!!
Ai ai que ainda vais conhecer a Laura, Rafinha!!!
É verdade que tudo nos deixa saudades e com vontade de voltar a reviver, mas cada fase trás coisas novas e divertidas e é tão bom!!! Ao ler-te já senti saudades do 1º anito da Luara e ainda foi há tão pouco tempo....
Uma beijoca bem grande para o Rafa e outra para os papás que também estão de parabéns!!!!

Vânia e Mariana disse...

Parabéns!!!! :)
E passa o tempo a correr, parece ontem que tavas a ir para o Hospital e já cá estamos a festejar o 1º aniversario do Rafa :):):):)

Logo ligo-te!!!

Beijinhos grandes para os 3

Mara disse...

Eles são o nosso mundo e a nossa vida.
Um grande beijinho de parabéns para o Rafinha e que nunca lhe falte o amor, o mimo e a saúde. Um dia muito feliz para vocês!
Beijocas

Sweet House (Filipa Couto) disse...

Olá Menina!
Muitos parabéns à mamã e ao Rafinha!
Hoje é o vosso dia, desfrutem bem dele, pois como está aqui a prova, o tempo voa ...
Beijinho grande para os 2.
Filipa

Risquinho's mumy disse...

Muitos Parabéns! (atrasados)
Agora vais ver que daqui para a frente tudo acontece ainda mais rápido, a personalidade vai começar a vincar-se e cada vez tentam ter tudo à sua maneira... mas é lindoooo. Ficam atrevidos, às vezes até birrentos, mas tem a sua piada.

Beijos aos 2

Enviar um comentário