quarta-feira, 14 de março de 2012

Coisas que me irritam

Eu sei que é praticamente impossivel não fazermos comparações entre crianças. Digam o que disserem toda a gente o faz. 

Costumam muito comparar o que o Rafa come. O meu filho não é de comer em grandes quantidades, mas come da forma que eu acho que é a mais correcta: come pouco e várias vezes (3h em 3h, às vezes quando come o iogurte passadas 2h30m dou-lhe a sopa). Ele come a quantidade que acha necessária para ele. Aprendi a não insistir... para quê para ele vomitar tudo? Para eu ficar toda stressada? Deixei-me disso... 

Agora quando ficam todos orgulhosos porque os filhos estão no percentil 90 ou até nem tem percentil, por favor! Uma criança que ainda vá fazer 12 meses estar a vestir roupa 24/36 meses acho um pouco preocupante. Mais tarde torna-se numa criança obesa e depois é muito pior. Falo por experiência própria quando me apercebi que estava demasiado gorda e resolvi por pés a caminho antes de engravidar e ficar num peso saudável para ter uma gravidez saudável. Assim perdi 16kg e digo-vos que não fiz dieta mas sim aprendi a comer de uma forma saudável, sempre sem deixar de comer as coisas que eu gosto!

E vão ser esses hábitos que vou incutir ao meu filho e que numa alimentação saudável também entra o guloseimas, os doces, etc para além da comida saudável.

4 comentários:

Vânia e Mariana disse...

As crianças são todas diferentes…Comem de forma e quantidades diferentes, tem ritmos diferentes, etc….
O Rafa come bem, não come em quantidades industriais, mas come, não passa fome. Tem um crescimento normal, por isso parece-me tolice insistires para ele comer mais. Ele esta óptimo!!!!
Quando as outras pessoas, tens 1 hipóteses ou ligas a terra e ignoras ou respondes….E acabou…..ela gosta de ver a filha a rebolar tu não gostas 
E no futuro vai ter problemas, e tu não  Olha tenho uma tia que o que quer e os filhos nem é cheios, é obesos, lol…a filha q nunca foi obesa, mas até era cheinha, para ela a miúda não se alimentava bem….bem, se falarmos do meu irmão, ela achava que o miúdo passava fome, lol!!!
Não ligues….Nem compares, o Rafa é bebe saudável, e tirando as noites muito sossegadinho, sem te dar problemas!!!é um santo, deixa as pessoas compararem. 

Beijinhos,

CC disse...

Concordo plenamente. No entanto, dever-se-á ter em conta o percentil do peso vs o da altura e toda uma serie de factores como a carga genética.

As minhas por norma sempre comeram bem e as minhas rondam o percentil 90 no peso, MAS tambem rondam o percentil 90 ou já ultrapassaram o percentil na altura e por isso não são obesas e nunca o foram. Para mim isso apenas é natural, eu e o pai somos altos, por isso é normal que elas tambem o sejam e que o peso seja porpocional. A mim até já me disseram várias vezes que as minhas miudas são magrinhas. Pois!

Na minha familia, por ex, tenho duas priminhas da idade das minhas e têm metade do peso e da altura. E? os pais tambem são mais baixos, o que interessa é que esteja tudo bem com o crescimento delas.

Mas, infelizmente ainda há muita gente (e gente nova, que é o que me faz confusão) a pensar á antiguinha, que uma criança para ser saudável tem de ser rechunchuda. E mais tarde quem sofre são elas. E o pior é que às vezes são gordinhas, mas porque só comem porcarias - já assisti na sala da minha mais pequena (tinha ela 2 anos) uma mãe às 9h30 da manhã chegar com a filha a comer gomas!

Por isso, passa ao lado! O teu filho está bem, não está? "os cães ladram e a caravana passa".

Desculpa o testamento! Entusiamei-me :)

Romantica disse...

O meu filho tem 16 meses, é magro, tenho imenso cuidado com a sua alimentação. para além de bolachas (e limitadas durante o dia) não come doces, não sabe o sabor de bolos, chocolates ou afins, está no percentil 25 de peso e percentiol 50 de altura. Tenho muito medo que ele seja gordo, pois o pai tem tendência para engordar e por isso mesmo eu tenho muito cuidado com aquilo que o António come, e tou-me burrifando para o que as pessoas dizem! A minha sogra está sempre a dizer que ele é magro demais (pudera, na familia dela são todos obesos, e quer o meu marido e o meu cunhado eram crianças muito gordas)!! Por isso concordo plenamente contigo, é preciso muita atenção com a alimentação das crianças

Anónimo disse...

detesto crianças gordas, axo pura neglicencia e imta ignorancia..
já os adultos lá sabem como se sentem bem..mas crianças sinceramente axo horrivel

Enviar um comentário