terça-feira, 24 de julho de 2012

18 meses de puro amor...

Ai filhote que isto não está a correr nada bem. Tantos planos faço para depois não acontecer. Queria fazer uma festinha com a familia cá em casa para celebrarmos os teus 18 meses, irmos à praia brincar na areia e para variar estás doente novamente, e desta vez com uma lista de doenças: febre, otite, aftas, dentes a nascer... enfim tudo junto, porque ter uma só uma coisa de cada vez não é para ti.

Estás assim desde sábado à noite, quando já não quiseste comer nada. Foste para a cama sem comer sopa, leite da mamã ou leite do biberão, mas pensei que estivesses com sono e cansado, porque tiveste cá em casa uma amiguinha e brincaste muito com ela. Depois choramingavas muito e eu fui tentar dar-te o leite e nada, não comeste nada. Senti que estavas quente e medi-te a temperatura e estavas com febre. Toca a dar benuron. Mas tu sempre a chorar, nada te sossegava. Viemos para a sala ver televisão às 2h da manhã. Fomos deitar-te novamente às 3h e sempre a choramingar dormias o que conseguias. No Domingo comeste apenas uma papa e um iorgurte, não quiseste mais nada. Eu fui-te dando água, muita água, mas isso até tu pedias. Fomos ao final da tarde às urgências, porque estavas mesmo aborrecido. Viemos de lá com o diagnóstico de otite, com garganta vermelha... por isso não querias comer. Trouxemos antibiotico e nurofen para fazer de 8h/8h, e benuron se a febre não baixar muito. Passamos outra noite em claro e só acalmavas acordado, mas mesmo assim sempre a choramingar(durante 2h30m) e ainda por cima não querias a chupeta, que é algo que te acalma logo. Eu cansada e já sem paciência para ti, não te compreendia. Queria que tu tomasses a medicação e tu até fechavas a boca e continuava a nao te compreender. Só queria que tu comesses, até que o teu lábio inferior inchou, cheio de aftas e na língua também. Ai filhote que a mãe ficou com a consciência tão pesada, porque só insistia para tu comeres e tomares a medicação.  Mudei o nurofen para iburon e ao menos já não te ardia tanto na boca, só mesmo o antibiótico e tem sido mesmo um filme dar-to. Ligamos ao pediatra que indicou para te dar bebidas açucaradas para te manter hidratado, porque ontem não comeste mesmo nada, nada, nada. Tu a choraras por um lado e eu a chorar por outro. Está mesmo a ser complicado, custa-me que tu não comas nada, mas também sei o que é ter aftas na boca e tudo o que comes arde... vamos esperar por melhores dias. 

Entretanto há 3 dias que já não mamas o leitinho da mãe, por isso filho parece que vai ser desta o desmame final, porque daqui a pouco a mãe não tem leitinho. E choro... choro muito, porque cortar com este momento tão nosso, não estava preparada. Não era assim que eu imaginava este momento. Para mim ainda era cedo para cortar com este "cordão umbilical". Está a ser muito complicado para mim gerir esta situação... mas também já tens 18 meses e está na altura... bem ou mal... vai ter de ser. Pode ser que ainda consigamos que tu voltes a mamar, mas já não sei se vou ter leite. Eu sempre disse que a minha meta era dar-te de mamar até aos 18 anos, mas afinal vão ser 18 meses!

Bem de qualquer forma estás a crescer muito rápido e a tua evolução é cada vez maior, com mais conquistas. Aos 18 meses:
  • O teu vocabulário aumentou e já dizes tota (tosta), pota (porta), mota, banana (para todas as frutas eheheh), viao (avião), ao ao (cão), popó (carro), chá (chaves), balão, sujo, tente (quente) e outras coisinhas mais.
  • Já consegues descer os degraus sem te inclinares para a frente, e muito devagarinho, mas sempre agarrado à minha mão.
  • Quando vês uma porta aberta tens de a fechar.
  • Adora animais, o pingu, e claro bolas.
  • Comes montes de areia na praia e só queres correr atrás das gaivotas e das bolas dos outros.
  • Já fazes as coreografias do pintinho amarelinho, da musica doidas doidas anda a galinha, da musica eu mexo um dedo, mostras os dentes quando queres que cante a musica de lavar os dentes, da musica do autocarro (anita).
Melhores dias virão e mãe tem mesmo de atualizar este bogue que anda um bocado perdido tal como eu! Tenho feito tanta coisa na bimby, estou mais do rendida! Agora faço lá os iogurtes do Rafa, iogurtes liquidos magros para mim, as sopas, comidas, bolos, compotas, sumos, batidos... enfim montes de coisas! Um investimento que está a compensar. Espero agora nas férias conseguir tirar melhor partido deste meu ajudante de cozinha.

AMO-TE MUITO FILHOTE. ÉS A RAZÃO DO MEU VIVER!

5 comentários:

Susana disse...

Ai mamã, imagino como estejas, ter o teu filhote assim deve de ser deseperante... Espero que ele melhore logo e fique bom durante muito tempo.
Beijinhos ;o)

Romantica disse...

Um beijinho grande e desejos de rapidas melhoras!!

Vânia e Mariana disse...

Possas, tadinho do Rafa!!! é terrivel os miudos com aftas, a MAriana já teve e é horrivel :(

As rapidas melhoras.

beijinhos grandes

Patícia Silva disse...

as melhoras rápidas para o Rafa.que desespero para ele.as otites não são fáceis.para nós são terríveis, para eles ainda devem ser piores que não sabem dizer o que sentem.

bjs e as melhoras

CC disse...

:( Bolas! As aftas não são facéis. A T. tambem já teve.

As rapidas melhoras

Bjos grandes

Enviar um comentário