sexta-feira, 13 de abril de 2012

Os Maridos Das Outras

Esta música é mesmo dedicada a mim e ao V.


O V. sempre foi um bom marido, carinhoso, compreensivo e muiiiiiiiito paciente! É uma pessoa muito reservada, pouco faladora, ao contrário de mim, e por isso nos completamos. Mas há coisas que realmente não estão bem e está a ser muito difícil alterar certos hábitos. O V. foi educado que as mulheres fazem tudo em casa e os homens sentam-se no sofá à espera das coisas. Em casa dele ninguém fala à mesa... imaginem 8 pessoas à mesa, já não nos vermos há algum tempo e ninguém pergunta nada, nem ninguém fala. Para mim foi muito complicada esta mudança, porque para mim a hora da refeição foi sempre para falar sobre o nosso dia, como anda a nossa vida, etc. Agora tenho o Rafa e vou brincando com ele, mas ninguém abre a boca! É impressionante o silêncio... mas pronto são pessoas com uma certa idade e mentalidade diferente da minha. 

Agora o V. não faz nada por iniciativa própria. Ora se ambos trabalhamos, ambos estamos cansados e portanto é necessário ajudarmos um ao outro. Claro que já conseguimos alterar algumas coisas, combinamos se eu cozinho ele arruma a cozinha, ou colocar a loiça do pequeno-almoço na máquina, colocar a roupa no cesto da roupa e ajudar-me a apanhar ou estender a roupa. Mas ele só o faz se eu lhe disser. Nunca toma a iniciativa e pode ver as coisas por fazer que para ele é igual. 
Mas antes eramos só 2... agora somos 3, em que este terceiro dá muito trabalho. E tem sido mesmo complicado... quero que ele me ajude sem eu ter que lhe dizer para fazer as coisas. Queria que fosse mais activo em casa mas não. 

Ainda ontem me passei dos carretos. Eu sei que estive o dia todo em casa, mas estive a trabalhar, que para não trabalhar durante o fim de semana tenho de aproveitar todos os momentos. Chegou às 19horas, eu ia tratar das fraldas do Rafa mas estava à espera que chegassem as fraldas do dia para fazer uma máquina, mas claro que tinha de brincar um bocadinho com o Rafa, como costumo fazer. Passados 10min o Rafa estava molhado de xixi e pedi-lhe que fosse mudá-lo e aproveitar para vestir-lhe o pijama. O Rafa estava cheio de sono que tinha dormido pouquinho e por isso ficava ja prontinho. E o V. continuou no sofá com o comando na mão. Passei-me... completamente! Disse-lhe que o filho era nosso e não era só meu. Sai e fui tratar das fraldas. Demorei + uns 10min e quando vim para cima estava o Rafa na mesma. Deu-me logo a neura, peguei no Rafa e fui-lhe dar banho e vim para baixo eram 19:40. Ora estava mais do que na hora de fazer o jantar e o V. deu a sopa ao Rafa.

Por isso para mim, que vou vendo outros exemplos de maridos que ajudam as mulheres sem estas lhes pedirem, são "perfeitos". E desculpem o testamento mas tinha de desabafar!


6 comentários:

Vânia e Mariana disse...

já conversamos tanto sobe isto....vai ser dificil, acho que é mais facil habituaste-te a manda-lo fazer...nunca a fazeres só tu as coisas, mas olha se não tem iniciativa manda-o fazer....
Os homems não são perfietos, lol...nem as mulheres mas nós andamos perto :). Uns tens umas coisas boas outros tem outras. Como sabes o Alex nisso de ajudar é perfeito, mas de perfeito não tem nada, lol!!! Lá ta, nisso e perfeito, mas dp tem um feitiozinho.....como bem conehces ;)
Bom, bom, era nos personalizarmos os nossos maridos, mas isso não é possivel ;)
Ms e uma batalha dura, isso é...Mas não podes é nunca ceder....

Beijinhos grandes,

disse...

Aqui por casa ê exatamente igual.e ja me passei imensas vezes desde que casei.e se nao peço nao tenho ajuda...e acho sinceramente que assim serà...

Um beijinho e coragem!

Futura mãmã disse...

Fez bem..quanto ao meu nao vo nem comentar affz

Vânia e Mariana disse...

Olá,Deixei-te um selinho no meu blog :)

Beijinhos

Anónimo disse...

Olá Vânia!

A vida de casal quando vivida apenas a dois é um mar de rosas. A partir do momento em que nascem os filhos tudo muda...menos momentos a sós enquanto casais, mais trabalho e mais responsabilidades....
É "normal" o que estás a passar, não devia sê-lo mas é...eu passei pelo mesmo. Homens....Mas depois de uma batalha veio a bonança... chatei-me mts vezes com o meu marido por causa disso mesmo mas valeu a pena...agora raramente preciso de mandar fazer alguma coisa, seja da lida da casa seja com os filhos....é como dizes os filhos são dos dois portanto o trabalho é para os dois.e se ambos trabalham.....

bjinhos e vais ver que o tempo vai mudar as coisas! É preciso persistires...
bjinhos e fica bem

Liliana Ermesinde

Jay - O SRD disse...

A galinha da vizinha é sempre melhor que a minha, certo? :)
Vânia, são anos de maus hábitos que com o tempo e alguma paciência vão ao sitio.

P.S. Vocês também não são pêra doce...

Enviar um comentário